O demolidor da República e seus cúmplices

(Editorial do Estadão, 17/12/2020) Se, há uma semana, a Folha de São Paulo avaliou o Presidente da República como “nulo” (veja Vacina antes de tudo), agora é a vez de O Estado de São Paulo, com seus 145 anos de experiência editorial, mostrar quem é e o que faz Jair Bolsonaro contra o Brasil eContinuar lendo “O demolidor da República e seus cúmplices”

O Ministério da Saúde não adverte, mas aglomerar sem máscara faz mal à saúde

Mil mortes diárias outra vez Os especialistas chegam a classificar o janeiro vindouro como o “mais triste da história do país”. A ausência de bons hábitos de pessoas que prejudicam a coletividade, combinada com a inépcia federal em assegurar vacina para todos já traz um prenúncio do que está por vir. Cézar Xavier traz, noContinuar lendo “O Ministério da Saúde não adverte, mas aglomerar sem máscara faz mal à saúde”

Vacina antes de tudo

Ontem a Folha de São Paulo opinou sobre a omissão do presidente da República ante o cuidado com a vida dos brasileiros, em matéria intitulada Nulo, mas estável. É cívico o dever de reproduzi-lo aqui: “Passou de todos os limites a estupidez assassina do presidente Jair Bolsonaro diante da pandemia de coronavírus. É hora deContinuar lendo “Vacina antes de tudo”

Fonacate defende avaliação e desligamento de ministros

O presidente do Fonacate e da Fenaud, Rudinei Marques, afirmou que “hipóteses de avaliação e desligamento no setor público também deveriam considerar os titulares de algumas pastas, como ministros”. E foi além: “Somos constantemente atacados pela mídia, por segmentos do mercado e mesmo pelo ministro da Economia. Mas a verdade é que ministros de áreas estratégicasContinuar lendo “Fonacate defende avaliação e desligamento de ministros”

Taxa de transmissão da covid no Brasil é a maior desde maio

O Universo Online traz estudo do Imperial College, retratado em matéria do Estadão, apontando índice para lá de preocupante. Não importa se é primeira ou segunda onda, já se lê notícias de alta ou mesmo total ocupação de leitos nas redes hospitalares e vidas sendo prematuramente encerradas por um ser microscópico. A taxa de transmissãoContinuar lendo “Taxa de transmissão da covid no Brasil é a maior desde maio”

Coronavírus: Santos não está preparada para nova onda de covid 19

Paulo Passos, para o Sindest Quando a segunda onda de covid 19 chegar ao Brasil, Santos não estará preparada para neutralizá-la e não atenderá suas vítimas com eficiência na rede pública de saúde. A opinião é do presidente do sindicato dos servidores municipais estatutários (Sindest), Fábio Marcelo Pimentel. Em ‘live’ da entidade na sexta-feira, eleContinuar lendo “Coronavírus: Santos não está preparada para nova onda de covid 19”

O capitalismo é a razão pela qual COVID-19 está devastando a América

Matthew Rozsa entrevistou Richard Wolff* A Salon debate o cotidiano estadunidense com dez milhões de visitantes únicos naquele país. A semelhança de devastação pandêmica entre o Brasil e os EUA e a íntima adoração do Presidente Jair Messias por tudo que vem de lá fazem merecer a nossa atenção à análise do economista Richard WolffContinuar lendo “O capitalismo é a razão pela qual COVID-19 está devastando a América”

#vaitervacina

Apesar de V. Incompetência… O combate antiviral deposita esperanças, como as sociedades humanas fazem há mais de um século, na conquista de uma vacina contra a Covid-19 e suas variantes, da mesma forma que existem outras que previnem a poliomielite e o sarampo. No entanto, a Semana da Pátria só faz acumular insucesso das poucoContinuar lendo “#vaitervacina”

Acabou a pandemia?

Pretendíamos atualizar a situação da Baixada Santista com o mês fechado, mas a manchete d’A Tribuna não permite esperar. A foto comprova a ausência de isolamento social em Santos, agora menor que a média do Estado e também entre os municípios vizinhos. Se todo dia quarenta caiçaras são internados por Covid, fica claro que oContinuar lendo “Acabou a pandemia?”

100 mil não vão “tocar a vida”

A antiga tradição mosaica reserva o sábado para a celebração da Paz e de uma boa semana. Hoje, uma marca não traz motivo para qualquer comemoração. Quando as mortes por um mero vírus ganham um zero a mais no Brasil, o Presidente do “E daí?” sugere tocar a vida, benção que não mais albergará cemContinuar lendo “100 mil não vão “tocar a vida””