Quatro afrontas de Bolsonaro e Guedes

José Luis Oreiro apresentou ao portal Disparada uma súmula das mais recentes propostas econômicas do governo federal. Parte delas já havia, de véspera, debatido com o banqueiro Gabriel Galípolo, no Além das Urnas. O conjunto de medidas reforça a visão do economista sobre o caráter empobreirista-entreguista do governo federal, que não tem outro rumo senãoContinuar lendo “Quatro afrontas de Bolsonaro e Guedes”

Teto de gastos prejudica o desenvolvimento e não rebaixa juros nem inflação

O grupo Além das Urnas, criado em 2018 para acompanhar o desempenhos dos titulares de Poder delas advindos, trouxe o Professor de Economia da UNB José Luis Oreiro e o também economista Gabriel Galípolo, hoje presidente do Banco Fator, para discutir as políticas monetária e fiscal do Brasil de hoje. A conclusão que intitula esteContinuar lendo “Teto de gastos prejudica o desenvolvimento e não rebaixa juros nem inflação”

Centrais Sindicais lançam a Campanha #600peloBrasil

São Paulo, 17 de setembro de 2020 ABAIXO-ASSINADO: Pela manutenção do auxílio emergencial de 600 reais até dezembro  CUT, Força, UGT, CTB, CSB, NCST, CGTB, Intersindical, CSP-Conlutas, Intersindical e Pública iniciam conjuntamente, nesta quinta-feira (17/09), mobilização nacional para que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, coloque em votação a Medida Provisória 1000, publicada pelo governo federalContinuar lendo “Centrais Sindicais lançam a Campanha #600peloBrasil”

Subsidiariedade não é palavrão. Mas saiba por que parece.

No Consultor Jurídico o doutor Gilberto Bercovici avalia, de forma magistral, tanto no sentido jurídico como acadêmico do adjetivo, o que seja e a que serve o princípio da subsidiariedade do Estado, tese hoje avocada pelos tecnocratas do dia na sua proposta de Reforma Administrativa recém encaminhada ao Congresso Nacional. Segundo seus ensinamentos, o papelContinuar lendo “Subsidiariedade não é palavrão. Mas saiba por que parece.”

Revolução Tecnológica

Ubiraci Dantas de Oliveira, presidente da Central Geral dos Trabalhadores do Brasil, trouxe Nilson Araujo de Souza* para explicar porque ainda estamos vivendo a incompleta terceira revolução tecnológica, não cabendo ainda fala em “indústria 4.0”. O signo de uma revolução tecnológica é o crescimento exponencial da produtividade do trabalho, ensina o professor. Para isso, oContinuar lendo “Revolução Tecnológica”

Indústria, desenvolvimento e trabalho

Os sete anos de regresso econômico do Brasil – segundo os economistas, foram três anos de recessão, três de estagnação e este de depressão – ficam evidentes quando o assunto é indústria. Os gráficos quadrigêmeos dos indicadores da Confederação Nacional da Indústria (edição relativa a junho de 2020) assim dizem: De 2014 a 2016 aContinuar lendo “Indústria, desenvolvimento e trabalho”

A indústria e a agricultura no desenvolvimento brasileiro

O que era o dobro em 1980 que virou metade em quarenta anos? Quem respondeu a renda per capita dos brasileiros em relação à dos sul-coreanos, acertou. Os professores Luque, Silber, Luna e Zagha avaliaram, em coluna publicada pelo Valor Econômico em 27.7.2020, os porquês dessa inversão de mão, tomando por base o papel daContinuar lendo “A indústria e a agricultura no desenvolvimento brasileiro”

Resgatar a Nação e o papel do Estado na economia

Já havíamos apresentado as lições de economia de Luis Beluzzo e Nilson Araujo de Souza, mas a reunião de ambos, a convite da Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB), permite ter um diagnóstico convalidado “pela segunda opinião” da situação brasileira hoje e suas saídas emergencial e duradoura. O presidente da Central, Ubiraci Dantas deContinuar lendo “Resgatar a Nação e o papel do Estado na economia”

Nova Luz

Reproduzo crônica nossa de dez anos atrás, sobre o comércio especializado paulistano, do Bom Retiro ao Brás, que nos parece atual: Sou filho do Bom Retiro, morava ali pertinho do Jardim e da Estação da Luz. Cresci na lojinha, comerciantes que eram meus pais na José Paulino. E por longo tempo andei pelas ruas dessaContinuar lendo “Nova Luz”

Aprender com Celso Furtado

O Centro Celso Furtado comemora o centenário do economista mais estudado do país com uma série de debates ao vivo, renovando suas Políticas para o Desenvolvimento. O tema de terça-feira na Semana Celso Furtado foi o seu livro mais destacado: Formação Econômica do Brasil. Os debatedores foram unânimes quanto à sua atualidade. Como explicou oContinuar lendo “Aprender com Celso Furtado”