O futuro do Porto de Santos

Em uma série de matérias próprias e artigos do Eng. Eduardo Magano, a Portogente aborda a necessária ampliação e modernização portuária na Baixada Santista. Os ativos portuários não são meras fontes de caixa do governo, privatizáveis para pagar juros e outras coisas, mas fonte de riqueza para o país e carentes de investimentos da ordemContinuar lendo “O futuro do Porto de Santos”

Vou de túnel

São 40 mil os transeuntes diários entre as ilhas de São Vicente e Santo Amaro, a caminho do trabalho, de casa, do comércio ou da praia, hoje servindo-se das balsas e barcos do maior sistema do planeta do tipo. De forma mais lenta, cara e menos segura que a travessia seca, antigo desejo e necessidadeContinuar lendo “Vou de túnel”

Tempo de travessia

O dileto filho da Ilha Encantada Thiago Andrade já havia nos legado um projeto de cidade com Uma só Santos. Desta vez a sua generosidade transcende as fronteiras regionais, lembrando que a “mãe de todas as batalhas” é pela vida: “É o tempo da travessia: e se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nósContinuar lendo “Tempo de travessia”

Santos: minha escolha de vida na aposentadoria

Há uma ligação pré-natal: meus avós e pais aqui aportaram vindo da Europa e, estabelecidos na capital, tinham Santos por sua praia, hospedados pelos Brickmann no José Menino. Nos anos 1950, consorciaram-se com outros imigrados do Bom Retiro para construir o Edifício Porto, na Alexandre Martins. Eu mesmo frequento a praia de Santos desde queContinuar lendo “Santos: minha escolha de vida na aposentadoria”

Cidades inteligentes são cidades democráticas

Thiago Andrade Nesse momento tão delicado da vida nacional, de terreno fértil para o medo, e justificada pressa e angústia, gerados pela pandemia de COVID 19, que já tirou a vida de quase 200 mil brasileiros e brasileiras, é fundamental que os esforços conjuntos dos entes federativos e da sociedade sejam cada vez mais sinérgicos,Continuar lendo “Cidades inteligentes são cidades democráticas”

Jacinto, o Sansão do Porto de Santos

Santos e seu Porto foram feitos por pessoas. Se já contamos a história de Guilherme Guinle, engenheiro filho do concessionário original e descobridor do petróleo no Brasil, agora é a vez de Amanda e Ilana Bastos, do paulistano Café Helena, lembrarem dos tempos em que o café era carregado sobre os ombros dos operários portuários.Continuar lendo “Jacinto, o Sansão do Porto de Santos”

Coronavírus: Santos não está preparada para nova onda de covid 19

Paulo Passos, para o Sindest Quando a segunda onda de covid 19 chegar ao Brasil, Santos não estará preparada para neutralizá-la e não atenderá suas vítimas com eficiência na rede pública de saúde. A opinião é do presidente do sindicato dos servidores municipais estatutários (Sindest), Fábio Marcelo Pimentel. Em ‘live’ da entidade na sexta-feira, eleContinuar lendo “Coronavírus: Santos não está preparada para nova onda de covid 19”

Edson Arantes, o Pelé

Corintiano de nascença que sou, muito sofri com as diatribes do mineiro que se fez santista e completou 80 anos na última sexta-feira. Lembro ainda hoje o quanto foi difícil romper o tabu enquanto Pelé esteve em campo. E, nas transmissões televisivas desde o México, ver ao vivo a conquista do tri em 1970. FãContinuar lendo “Edson Arantes, o Pelé”

Santos comprometida com o desenvolvimento metropolitano

Reduzir desigualdades com soluções regionais Muita gente mora em Santos e trabalha nos municípios vizinho e vice-e-versa; em termos de comércio e lazer, o movimento transmunicipal também é grande. Dessa forma, as pessoas têm necessidades a serem atendidas para além do município de residência Do programa do Movimento 65 O advento do novo Estatuto daContinuar lendo “Santos comprometida com o desenvolvimento metropolitano”

Santos democrática, com gestão colaborativa, transparente e eficiente

Reduzir desigualdades levando a cidade para todos os santistas Extraído do Programa do Movimento 65 É próprio da democracia a aferição permanente da vontade dos munícipes quanto aos rumos do desenvolvimento da sua cidade. São eles próprios que, de acordo com sua capacidade contributiva, formam os fundos municipais e a eles cabe direcionar a AdministraçãoContinuar lendo “Santos democrática, com gestão colaborativa, transparente e eficiente”