Covid na Baixada Santista – atualização da semana

Com base nas informações da Fundação Seade, temos o seguinte quadro metropolitano: A boa notícia é que, mesmo sob flexibilização, a ocupação hospitalar tem diminuído e os óbitos são em menor quantidade que há um mês, embora todos tristes. O que os gráficos mostram, no entanto, é que quase mil vizinhos já perderam prematuramente aContinuar lendo “Covid na Baixada Santista – atualização da semana”

Desmascarado o Presidente

Antes mesmo do corrente teste para Covid-19 realizado pelo Excelentíssimo Senhor Presidente da República Federativa do Brasil, que esperamos negativo, o Chefe da Nação exerceu sua prerrogativa legal de sancionar com vetos um projeto de lei apresentado pelo Congresso Nacional. Não foi um veto recomendado pelas autoridades sanitárias, antes o contrário. Nem mesmo pelo liberalismoContinuar lendo “Desmascarado o Presidente”

Covid-19, relaxamento semana 3: uma atualização

A marca de 700 mil doentes terem recuperado a saúde é motivo de alegria neste sábado. O sofrimento destes e outros quinhentos mil brasileiros ora em tratamento e a morte precoce de 56 mil dos nossos, que poderia ser minorada por uma ação oficial que não dependesse do “histórico de atleta” de cada um nãoContinuar lendo “Covid-19, relaxamento semana 3: uma atualização”

2ª onda?

Uma semana após a flexibilização “laranja” no Estado de São Paulo, a ocupação de leitos de UTI segue pouco abaixo de 70%. A contaminação, no entanto, cresceu 26% em sete dias, mais do que na relativamente estável semana anterior: A estabilidade da marcha letal do vírus pode ser explicada pelo comportamento popular diante da flexibilizaçãoContinuar lendo “2ª onda?”

O senhor embaixador

Há cerca de um mês, o embaixador brasileiro na França escreveu ao Le Monde, jornal de grande circulação naquele país, queixando-se e procurando esclarecer as condições retratadas pelo jornal sobre a pandemia no Brasil. Pareceu o diplomata imbuído de boas intenções mas, não obstante os elegantes cumprimentos ao editor, o que escreveu deixou a impressãoContinuar lendo “O senhor embaixador”

Maldade a flor da pele

A criação de memes e hashtags para ampla reprodução por uma massa que não presta atenção no que está fazendo faz revelar o lado “wesen” das pessoas – para quem não assistiu à série televisa Grimm, os wesen são humanos que se transformam em feras irracionais quando não controlam provocações aos seus piores sentimentos. SobreContinuar lendo “Maldade a flor da pele”

Domingão da democracia

Mudar a metodologia de cálculo, que seria “boa para o Brasil”, não vai cortar a propagação viral nem ressuscitar ninguém. Já contamos 36 mil mortos no Brasil. Desse modo, a recomendação dominical é manter-se em casa, apesar do chamado presidencial para que as pessoas compareçam a manifestações que pouco ajudam na defesa da vida eContinuar lendo “Domingão da democracia”

Brasil na contramão do mundo

Para nossa tristeza e sofrimento, temos servido de parâmetro global do que não deve ser feito nestes tempos sombrios. O Presidente Trump, dos EUA, declarou: “Teríamos 2 milhões de mortos se tivéssemos seguido Brasil e Suécia.” Que mau exemplo temos dado ao mundo? Elucidamos alguns dos mais relevantes aspectos da ação federal em A saúdeContinuar lendo “Brasil na contramão do mundo”

Incompetência ou sabotagem?

Ontem tratamos da demora do auxílio federativo às prefeituras e governos de Estado que estão na linha de frente do combate ao coronavírus. Hoje nos deparamos com o levantamento da Exma. Sra. Deputada Federal Erika Kokai sobre as ações federais diretas de defesa da saúde. Em quase três meses de sofrimento e mortes, nem 20%Continuar lendo “Incompetência ou sabotagem?”

A saúde tem pressa, porque a vida não tem preço

A Câmara Federal, após 40 dias de tramitação no Senado, aprovou em uma semana o Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus. A Lei Complementar nº 173 ficou parada, no entanto, ainda por 15 dias no gabinete presidencial. E da sanção até hoje não há notícia de que as transferências financeiras tenham sido feitas aos GovernosContinuar lendo “A saúde tem pressa, porque a vida não tem preço”