Bolsonaro, o Copom e a Selic

O artigo semanal do economista Paulo Kliass foi escrito quando já se reunia a diretoria do Banco Central, na função de Comitê de Política Monetária, para, entre outros, definir a derradeira taxa Selic do governo Bolsonaro. Não obstante o aspecto conjuntural de sua introdução, Kliass historia o movimento altista nas reuniões do Copom ocorridas entreContinuar lendo “Bolsonaro, o Copom e a Selic”

“Com 33 milhões passando fome, BC transferiu R$ 200 bi para os mais ricos em um ano”, critica Oreiro

Antonio Rosa, na Hora do Povo O maior programa de transferência de renda da história, de toda sociedade para o 1% mais rico do País Com os aumentos na taxa básica de juros da economia (Selic) realizados pelo Banco Central (BC), a transferência de renda da sociedade para o setor financeiro, por meio dos jurosContinuar lendo ““Com 33 milhões passando fome, BC transferiu R$ 200 bi para os mais ricos em um ano”, critica Oreiro”

O melhor do mês – Agosto de 2022

+lida Destaque de crítica Pensando em futuro melhor para os brasileiros, com a história na mão. O que está em jogo nas eleições e o melhor voto para deputado em São Paulo. Edição de julho Vacina Sim!

Efeitos da Pandemia e da Guerra na Ucrânia sobre os preços das commodities: implicações para o debate sobre a condução adequada da política monetária no Brasil.

Publicado originalmente em José Luis Oreiro:
Recentemente estive participando de um debate no Corecon-DF sobre o comportamento da taxa de juros no Brasil (https://www.youtube.com/watch?v=qufwmPuW3JA&t=20s). Na minha apresentação procurei focar sobre o comportamento de longo prazo da taxa de juros (Selic real ex post), o qual apresenta um nível estruturalmente elevado na comparação com a taxa…

Austeridade sob Lula 3.0

Paulo Kliass, no Vermelho A tentativa de capturar o comando econômico de Lula está em pleno movimento São muitas as reviravoltas que a evolução da luta política nos apresenta. A grande novidade para uns, ou surpresa para outros, tem sido a performance da candidatura de Lula nas pesquisas de opinião. Enfim, à medida em queContinuar lendo “Austeridade sob Lula 3.0”

Política monetária em 2023

Paulo Kliass, no Vermelho A partir do primeiro dia de Janeiro de 2023, o novo governante vai encontrar uma diretoria do BC composta e nomeada pela dupla Bolsonaro & Guedes Ao longo de sua desastrosa e criminosa passagem pela Presidência da República, Jair Messias Bolsonaro vem colecionando uma série impressionante de atos e decisões queContinuar lendo “Política monetária em 2023”

Oportunidade para Alteração da Política Monetária

Publicado originalmente em Blog Cidadania & Cultura:
Alessandra Saraiva (Valor, 25/05/22) coloca para o debate público uma novidade: mudar do Regime de Tripé Macroeconômico para o Regime de Flutuação “Suja” do Câmbio e Meta de Crescimento com o fim do Teto de Gastos, Câmbio Livre e Meta de Inflação. A economia brasileira poderia crescer mais,…

Copom segue contra o Brasil

Paulo Kliass, no Vermelho Em pouco mais de um ano, a Selic sofreu um incremento de quase 500%. Para ficarmos em uma linguagem tão grata ao financês, não há sociedade que resista impunemente a tal arrocho da política monetária. Mais uma vez, na semana passada, a fina flor da tecnocracia do financismo no comando daContinuar lendo “Copom segue contra o Brasil”

Os perigos do Bitcoin à democracia brasileira

Não é preciso concordar com Doom Guy, do Explica Bitcoin, para perceber os riscos de uma moeda privada à ordem social conhecida como Nação. Ele aborda aspectos tributários, a cobertura universal dos benefícios sociais e sugere inclusive mecanismos de controle de moedas digitais pelo Estado. Haverá quem entenda ser o texto dotado de certa ironiaContinuar lendo “Os perigos do Bitcoin à democracia brasileira”

BCB: autonomia independente

Ou independência autônoma? Quando, ao lado de Pascoal Vaz, comparecemos à RBA Litoral para conversar sobre a autonomia do BCB com Douglas Martins, Tânia Maria e Sandro Thadeu, imaginávamos expor os diapositivos anexos, mas a apresentação não combinava com a linguagem radiofônica. Além de discernir as diferenças entre independência e autonomia da autoridade monetária, abordamosContinuar lendo “BCB: autonomia independente”