Restabelecer o passe livre para o idoso é o presente que São Paulo merece

Nem parece que 467 anos já se passaram desde que Anchieta, Nóbrega e seus companheiros subiram a serra para encontrar os índios brasileiros no Pátio do Colégio e fundar a maior, mais rica e cosmopolita cidade do país. Não obstante sua vetusta idade, viu cair a gratuidade dos transportes urbanos para muitos de seus nãoContinuar lendo “Restabelecer o passe livre para o idoso é o presente que São Paulo merece”

Vacina e falta de oxigênio fazem milhões “caírem na real”

O que mais se destaca na recente pesquisa da XP Investimentos é o fato de milhões de brasileiros antes esperançosos com o governo federal terem mudado suas expectativas no último mês. Embora a metade dos entrevistados ache que deva ser retomado o auxílio emergencial, só um quarto acha que o governo tomará qualquer iniciativa nesseContinuar lendo “Vacina e falta de oxigênio fazem milhões “caírem na real””

Vacina: se reduz o Covid, porque ainda não está sendo aplicada no Brasil?

Evaldo Stanislau é dirigente da Sociedade Paulista de Infectologia e compareceu à Manhã Litoral da RBA para esclarecer os múltiplos aspectos que envolvem a doença, seu tratamento e prevenção. O médico assegurou que todas as vacinas estão seguras, não há razão, menos ainda politica, para atrasar o início da sua aplicação. O Instituto Butantã, cujoContinuar lendo “Vacina: se reduz o Covid, porque ainda não está sendo aplicada no Brasil?”

Carestia, desemprego, endividamento e inadimplência

Como se relacionam a carestia de 6,3% sobre os mais pobres e 6,8 milhões de pedidos de seguro-desemprego com o aumento do endividamento das famílias brasileiras e da inadimplência nas contas de luz? Na primeira semana de 2021 a imprensa informou: “O Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1) divulgado pela Fundação GetúlioContinuar lendo “Carestia, desemprego, endividamento e inadimplência”

Oswaldo Cruz e a revolta da vacina

Cômica seria se não fosse trágica a resistência ao progresso imunológico nos dias de hoje. Propagar a transformação dos vacinados em jacaré não condiz com o aprendizado de mais de cem anos sobre a ciência. Vetustos senadores de então, como Lauro Sodré e Barata Ribeiro, retratados em 1904 por O Malho, resistiam desde os respectivosContinuar lendo “Oswaldo Cruz e a revolta da vacina”

Ano novo, página nova

A virada do calendário e a coleção de meio milhar de artigos nos obriga a organizar melhor o acesso ao conteúdo da página. Visite e comente: isosendacz.org E divulgue. Desenvolvendo a obra dos que nos antecederam, juntos vamos fazer deste imenso país uma grande Nação, com vacina, democracia e desenvolvimento nacional.

Felizes 2021 a 2030

Longe de ter sido uma década perdida, como afirmam os economistas! O mero fato de a termos completado com saúde e família mais numerosa já seria o bastante para ficarmos no lucro. Mas nem por isso nossa vida nacional não poderia ter sido melhor aproveitada. Foram dez anos em que a nossa produção interna brutaContinuar lendo “Felizes 2021 a 2030”

O demolidor da República e seus cúmplices

(Editorial do Estadão, 17/12/2020) Se, há uma semana, a Folha de São Paulo avaliou o Presidente da República como “nulo” (veja Vacina antes de tudo), agora é a vez de O Estado de São Paulo, com seus 145 anos de experiência editorial, mostrar quem é e o que faz Jair Bolsonaro contra o Brasil eContinuar lendo “O demolidor da República e seus cúmplices”

O Ministério da Saúde não adverte, mas aglomerar sem máscara faz mal à saúde

Mil mortes diárias outra vez Os especialistas chegam a classificar o janeiro vindouro como o “mais triste da história do país”. A ausência de bons hábitos de pessoas que prejudicam a coletividade, combinada com a inépcia federal em assegurar vacina para todos já traz um prenúncio do que está por vir. Cézar Xavier traz, noContinuar lendo “O Ministério da Saúde não adverte, mas aglomerar sem máscara faz mal à saúde”

Vacina antes de tudo

Ontem a Folha de São Paulo opinou sobre a omissão do presidente da República ante o cuidado com a vida dos brasileiros, em matéria intitulada Nulo, mas estável. É cívico o dever de reproduzi-lo aqui: “Passou de todos os limites a estupidez assassina do presidente Jair Bolsonaro diante da pandemia de coronavírus. É hora deContinuar lendo “Vacina antes de tudo”