PIB do primeiro trimestre foi uma ilusão contábil de crescimento

Em entrevista à Hora do Povo, professor do Departamento de Economia da Universidade de Brasília (UnB), José Luis Oreiro, explicou que que o resultado do PIB do 1º trimestre, com crescimento de 1,2% em relação ao trimestre anterior, foi puxado basicamente pela recomposição dos estoques, reduzidos nos dois últimos trimestres de 2020. De Oreiro, oContinuar lendo “PIB do primeiro trimestre foi uma ilusão contábil de crescimento”

Decadência Brasileira Vergonhosa: BRIC virou RIC

Publicado originalmente em Blog Cidadania & Cultura:
Anaïs Fernandes e Álvaro Fagundes (Valor, 12/04/2021) avaliam: com o fim de ciclo de commodities, em setembro de 2011, um golpe semi-parlamentarista camuflado de impeachment “para os golpistas ficarem de consciência limpa”, duas Grandes Depressões (2015-16 e 2020), uma pandemia e o Brasil encerrou a década de 2011-2020 perdendo oito…

Brasil caminha para mais uma década perdida na economia, diz FGV

Se os anos 1980 ficaram conhecidos, no Brasil, como a “década perdida”, que dizer destes em que governaram Dilma, Temer e Jair Bolsonaro? Nunca antes na história do nosso país o povo empobreceu tanto, aponta a Fundação Getúlio Vargas, como se verá à sequência. Economistas projetam o pior PIB per capita dos últimos 120 anosContinuar lendo “Brasil caminha para mais uma década perdida na economia, diz FGV”

A depressão econômica e a queda de presidentes

Enquanto vão-se fechando as urnas do primeiro turno das eleições municipais, que indicam forte rejeição ao Presidente da República, não custa lembrar que “forte queda do PIB”, ora atenuada pelo Congresso Nacional e sua majoração do auxílio emergencial que se queria de R$ 200,00, estimulou, em passado recente, a queda precoce de dois ex-presidentes. TantoContinuar lendo “A depressão econômica e a queda de presidentes”

Efeitos contracionistas da PEC Emergencial

Os cientistas do Núcleo de Estudos em Modelagem Econômica e Ambiental Aplicada (Nemea) do Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional (Cedeplar)-UFMG aliaram à seriedade institucional seu saber econômico para ultrapassar o marco meramente fiscal na avaliação dos impactos da proposta de redução da jornada e dos vencimentos dos servidores públicos na produção, renda e desigualdadeContinuar lendo “Efeitos contracionistas da PEC Emergencial”

Macabras comemorações

Há nas redes sociais, e mesmo em vetustos meios editoriais, uma plêiade de demagogos juniores, plenos e seniores para afirmar que o Brasil começou a consertar o estrago de vários anos, graças aos quadros “tecnicamente” escolhidos e a “razoável integridade” dos membros do governo. Não estamos falando principalmente das predições de “mercado”, cuja função primazContinuar lendo “Macabras comemorações”