11 FORMAS DE LIDAR COM A AGRESSIVIDADE DA PESSOA COM ALZHEIMER

Reproduzido do Alzheimer360 Muitas vezes, a pessoa com a Doença de Alzheimer pode apresentar quadros de agressividade. Veja abaixo estas 11 dicas para lidar com a agressividade das pessoas com Alzheimer: 1 – Descubra o motivo O primeiro passo é descobrir o motivo da agressividade. Caso consiga descobrir, você poderá tentar resolver o problema eContinuar lendo “11 FORMAS DE LIDAR COM A AGRESSIVIDADE DA PESSOA COM ALZHEIMER”

Entenda como as emoções podem exacerbar a asma grave

Dr. Ciro Kirchenchtejn, em Future Health É inquestionável que emoções e sentimentos afetem a saúde. Nas últimas décadas, intensificaram-se estudos e pesquisas sobre sua influência no organismo, levando-se em conta as manifestações físicas e o desenvolvimento de doenças.  Para os pacientes com asma, emoções fortes são gatilhos importantes. Quando sentem raiva, medo, excitação ou quando gargalham,Continuar lendo “Entenda como as emoções podem exacerbar a asma grave”

Saúde coletiva

A saúde coletiva é um campo de atuação multidisciplinar resultante da integração entre as ciências biomédicas e as ciências sociais. Ela surge das interações sociais e econômicas com o meio ambiente e da avaliação de como as condições de salubridade de uma comunidade são afetadas por essas relações. A ideia de saúde coletiva emerge aContinuar lendo “Saúde coletiva”

Bem-estar Mental

O que é e como interfere no dia-a-dia o bem-estar mental? Quem explica é José Roberto Marques, do Instituto Brasileiro de Coaching (IBC): “Bem-estar mental é um estado harmônico em que a mente trabalha as emoções positivas e negativas de maneira equilibrada. É a capacidade de administrar os sentimentos, independentemente das variações e exigências externas. É tambémContinuar lendo “Bem-estar Mental”

Terapia Floral

Com informações da Macela Dourada A terapia floral foi descoberta e desenvolvida pelo inglês Edward Bach, bacteriologista que baseava seu tratamento mais nas emoções do que no diagnóstico físico. Terapia floral é um método simples e natural de cura, que atua sobre o estado emocional das pessoas e não sobre a doença física. Os floraisContinuar lendo “Terapia Floral”

Não sou doutor

Márcio Aurélio, no Jornal da Orla Um dos grandes “baratos” da vida é a capacidade de nos relacionarmos com outras pessoas. Para isso, basta nos tratarmos como iguais Não lembro de alguma vez ter me identificado espontaneamente por doutor. “Olá, sou o Dr Marcio Aurélio”. Quando isso ocorreu, foi circunstancial. Mas tenho amigos, que depoisContinuar lendo “Não sou doutor”

Musicoterapia

Com informações do Minuto Saudável O que é, para que serve, como funciona e benefícios A música nunca esteve tão presente em nossas vidas quanto nos dias atuais. Quais os efeitos que a música pode ter em nossas vidas? O potencial terapêutico da música – a musicoterapia – , pode ajudar pessoas com dificuldade deContinuar lendo “Musicoterapia”

Cem anos de insulina

Em 11 de janeiro de 1922, cientistas da Universidade de Toronto, Canadá, foram para uma enfermaria de hospital com crianças diabéticas, a maioria delas em coma e morrendo de cetoacidose (alto nível de glicose no sangue). A sala estava cheia de pais sentados à beira do leito esperando a morte inevitável de seus filhos. NoContinuar lendo “Cem anos de insulina”

Quatro comestíveis com benefícios ao bem-estar humano

Cebola Segundo a nutricionista Tatiana Zanin, em Tua Saúde, “a cebola é um vegetal popularmente utilizado para temperar vários alimentos e o seu nome científico é Allium cepa. Esse vegetal possui diversos benefícios para a saúde, pois possui propriedades antivirais, antifúngicas, antibacterianas, anti-inflamatórias, anticancerígenas, hipoglicemiantes e antioxidantes e, por isso, consumir cebola regularmente é uma ótima formaContinuar lendo “Quatro comestíveis com benefícios ao bem-estar humano”

A pandemia e a fome

Idalvo Toscano Há quase dois anos o mundo se debate com a Pandemia do Covid19. Em um primeiro momento – apesar do alerta da ciência –, as autoridades dos países afetados minimizaram a gravidade sanitária da doença e seus danos, mesmo aqueles que adotaram de início alguma medida preventiva. A negação do que a ciênciaContinuar lendo “A pandemia e a fome”