Relator da CPI atribui a Bolsonaro “crimes com pena de até 30 anos”

Marcos Verlaine, na Hora do Povo

Renan, ao ler o relatório final, explicou à CPI, que imputação de crime de homicídio foi substituída por acusações de crimes contra a humanidade, “qualificação” da denúncia.

O relator da CPI da Covid-19, senador Renan Calheiros (MDB-AL), confirmou, ao ler uma síntese do relatório final, as mudanças de última hora envolvendo a sugestão de indiciamento do presidente Jair Bolsonaro. Houve concessão de vistas coletivas ao texto, que vai ser votado na próxima terça-feira (26).

O relatório indicou, como foi amplamente divulgado com antecedência, que o presidente da República foi acusado pela CPI de ter cometido crimes contra a humanidade nos casos do colapso do oxigênio em Manaus, nas investigações envolvendo a operadora Prevent Senior e nas apurações de crimes contra povos indígenas, detalhou Renan na manhã e início da tarde desta quarta-feira ao ler o texto que vai ser submetido à comissão.

Além dos nove crimes atribuídos a Jair Bolsonaro, a lista inclui ministros, ex-ministros, filhos do presidente, deputados, médicos e duas empresas.

São estes os crimes imputados:

1) epidemia com resultado morte; 2) infração de medida sanitária preventiva; 3) charlatanismo; 4) incitação ao crime; 5) falsificação de documento particular; 6) emprego irregular de verbas públicas; 7) prevaricação; 8) crimes contra a humanidade; e 9) crimes de responsabilidade (violação de direito social e incompatibilidade com dignidade, honra e decoro do cargo). (+1166 palavras, Hora do Povo)

A matéria de Verlaine ainda traz o procedimento ulterior à CPI, no caso de aprovação do relatório, e apresenta medidas de pensão aos filhos de vítimas da Covid-19.

Veja na íntegra o relatório do Senador Renan Calheiros (MDB/AL).

Publicado por Iso Sendacz

Engenheiro Mecânico pela EESC-USP, Especialista aposentado do Banco Central, diretor do Instituto Cultural Israelita Brasileiro, conselheiro da CNTU e Aguaviva, membro da direção estadual paulista do Partido Comunista do Brasil. Foi presidente regional e diretor nacional do Sinal. Nascido no Bom Retiro, São Paulo, mora em Santos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: