A bolsa ou a vida?

O Bem Estar do sítio de notícias G1 compilou dados da evolução da pandemia em diversos países, considerando os primeiros cinquenta dias, completados no Brasil em 15.4 último. Nesta manhã, 17.4, os infectados já são 29 mil – a metade recuperada! -, com 1.952 doentes tendo ido a óbito. Os cenários que se desenham, noContinuar lendo “A bolsa ou a vida?”

Presidente Jim Jones

James Warren “Jim” Jones ficou famoso por ter suicidado 922 seguidores da seita que fundou, como forma de abreviar a vida terrena e antecipar a ida dos devotos ao “reino celestial”. A tragédia aconteceu em 1978. No Brasil, são mais de 23 mil casos de Covid-19 confirmado pela pequena testagem feita e 1.355 brasileiros jáContinuar lendo “Presidente Jim Jones”

Isolamento social em defesa da vida!

“Diante das pressões para relaxar o isolamento social, informo os dados do Covid-19 Visualizer, realtivos à evolução de infectados e mortos entre 2 e 8.4.2020 : INFECTADOS (evolução, em milhares) EUA: 220 – 410 (86%)Itália: 83 – 95 (15%)Espanha: 73 – 84 (14%)Franca: 42 – 81 (92%)Alemanha: 62 – 74 (19%)Grã-Bretanha: 31 -54 (75%)Brasil: 6,7Continuar lendo “Isolamento social em defesa da vida!”

Harari, o indivíduo e o coletivo

Há alguns dias, Luiza Sahd, do UOL TAB, publicou em português a entrevista que Yuval Harari deu ao Financial Times em 20.3.2020, abordando cenários para o pós-coronavírus. Sobre o ilustre historiador israelense já havíamos falado em Como será o amanhã e, inclusive, lhe escrito uma Carta, também disponível neste blogue. Harari sistematiza com rara capacidadeContinuar lendo “Harari, o indivíduo e o coletivo”

Harari, o indivíduo e o coletivo

Há alguns dias, Luiza Sahd, do UOL TAB, publicou em português a entrevista que Yuval Harari deu ao Financial Times em 20.3.2020, abordando cenários para o pós-coronavírus. Sobre o ilustre historiador israelense já havíamos falado em Como será o amanhã e, inclusive, lhe escrito uma Carta, também disponível neste blogue. Harari sistematiza com rara capacidadeContinuar lendo “Harari, o indivíduo e o coletivo”

Apesar dele, os servidores públicos vão ajudar o Brasil a vencer a crise sanitária com o mínimo de perdas possível

Há toda uma linha de frente atuando diretamente no salvamento de vidas brasileiras diante da virulenta pandemia. Quem rompe o isolamento social vê nas ruas profissionais de saúde, vacinando idosos nas calçadas, policiais e guardas, distribuidores de alimentos e muitos outros trabalhadores que estão nas ruas para que os demais fiquem em casa. Considerável parcelaContinuar lendo “Apesar dele, os servidores públicos vão ajudar o Brasil a vencer a crise sanitária com o mínimo de perdas possível”

Segredo de Tostines

É preciso salvar vidas para salvar a economia ou é preciso salvar a economia para salvar vidas? Embora a interdependência entre a vida humana e a economia seja evidente, a questão trazida por muitos brasileiros pode embutir dúvida quanto à primazia da vida em relação à produção e distribuição coletivas e à apropriação de excedentesContinuar lendo “Segredo de Tostines”

Quem tem fome, tem pressa

Escrevo estas apressadas linhas para registrar que o Brasil amanheceu hoje sem a sanção presidencial ao projeto de ajuda emergencial àqueles que estão e devem ficar em casa. O custo da ajuda mínima é de módicos R$ 14,4 bilhões por mês, algo que qualquer dos dez maiores bilionários do país dispõe para gastar. O programaContinuar lendo “Quem tem fome, tem pressa”

Curar

E as pessoas ficaram em casaE leram livros e ouviramE descansaram e se exercitaramE fizeram arte e brincaramE aprenderam novas maneiras de serE pararamE ouviram fundoAlguém meditouAlguém orouAlguém dançouAlguém conheceu sua sombraE as pessoas começaram a pensar de forma diferenteE pessoas se curaramE na ausência de pessoas que viviam de maneiras ignorantes,Perigosas, sem sentido eContinuar lendo “Curar”

Carreata à italiana

Enquanto “playboys safados”, como disseram os gaúchos ontem em Porto Alegre, buzinam dos seus carros pelo “direito” de explorar as pessoas literalmente até à morte, na ruas da sofrida Itália circulam formações de caminhões militares transportando caixões lacrados. As autoridades daquele país, que já fez seu turno de epicentro da pandemia, se dizem arrependidas deContinuar lendo “Carreata à italiana”