Guedes faz chantagem com salário de servidor para aprovar reforma administrativa

Carlos Alberto Pereira Publicado originalmente na Hora do Povo, em 12.5.2021 O ministro da economia Paulo Guedes ameaçou os deputados e os servidores públicos afirmando que, sem a aprovação da reforma administrativa, os salários estariam ameaçados: “Se nada for feito, os salários estão ameaçados”, disse. A afirmação foi feita durante discussão da admissibilidade ou nãoContinuar lendo “Guedes faz chantagem com salário de servidor para aprovar reforma administrativa”

Juros, tributos e o desequilíbrio do orçamento público

Inspirado no artigo de Suzart, Zuccolotto e Rocha* no Estadão – A mágica do orçamento desequilibrado: e agora, Mister M? Val Valentino, o Mister M, desvendava na TV os truques dos ilusionistas. Aos que desconhecem o processo orçamentário brasileiro, os autores resumem que “o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) deve ser encaminhado pelo PoderContinuar lendo “Juros, tributos e o desequilíbrio do orçamento público”

O assalto ao Estado e a reforma administrativa

Nenhum dos 513 Deputados Federais pode alegar desconhecimento dos malefícios da Reforma Administrativa após a audiência pública protagonizada por Maria Lúcia Fatorelli, titular da Auditoria Cidadã da Dívida, cuja íntegra abaixo se dispõe. O projeto de desmonte do serviço público como o conhecemos trará um Estado que não comanda o desenvolvimento nacional nem presta osContinuar lendo “O assalto ao Estado e a reforma administrativa”

PEC da Reforma Administrativa ou o desmonte do serviço público

Ricardo Prado Pires de Campos, no Consultor Jurídico Em Movimento internacional de capitais desfavorável ao Brasil já notamos o papel facilitador do governo nas tenebrosas transações que não mais fazem que concentrar o capital em braços que nem um pedaço do meu pode ser. Campos desnuda um dos mecanismos que se tenta aprovar em meioContinuar lendo “PEC da Reforma Administrativa ou o desmonte do serviço público”

O fim do serviço público como hoje conhecemos

com informações de Rodrigo Lucas, na Hora do Povo “Reforma do funcionalismo prejudicará quem mais precisa do serviço público” Paulo Lino Gonçalves, Presidente do Sinal Mais destaques: Os impactos serão enormes. Podemos dizer que é o fim do serviço público como hoje existe, que é voltado para o Estado e para a sociedade e oContinuar lendo “O fim do serviço público como hoje conhecemos”

Breve história do desprestígio do servidor no desmonte do serviço público brasileiro

O servidor é a corrente que leva o serviço público ao cidadão Não há como se conceber o Estado sem se considerar o servidor público que, como proferiu Flauzino Antunes no canal Sou+DF, é o cidadão especializado em prover seus concidadãos dos direitos inscritos no universo legal brasileiro. Se o governo precisa dispor de assessoresContinuar lendo “Breve história do desprestígio do servidor no desmonte do serviço público brasileiro”

Hoje é dia nacional de luta em defesa do serviço público

Com informações do Apito Brasil Emenda Constitucional (EC) 95, reforma da Previdência, EC 109 – PEC Emergencial e, agora, reforma administrativa. Nos últimos anos, o setor público foi alvo de uma escalada de ataques e ameaças que, ao que tudo indica, não deve ter seu ímpeto reduzido tão cedo. Diante desta perspectiva, não nos restaContinuar lendo “Hoje é dia nacional de luta em defesa do serviço público”

A defesa da vida, o ajuste fiscal e o Estado nacional

O canal Sou + DF brindou a audiência com rico debate sobre o papel do Estado e do serviço público na defesa da vida e dos direitos da cidadania, inscritos na Constituição da República de 1988, não por acaso conhecida no Brasil como cidadã. Dirigentes sindicais dos servidores públicos, o economista Flauzino Antunes (Economistas eContinuar lendo “A defesa da vida, o ajuste fiscal e o Estado nacional”

Bolsonaro é o promotor da pandemia

Carlos Alberto Pereira, na Hora do Povo* “A desgraça do povo é o seu programa eleitoral para 2022“ O presidente da República postergou três meses o Auxílio Emergencial. Numa manobra sórdida, usou o Auxílio para chantagear o Congresso a aprovar a PEC de Emergência ou PEC do Arrocho, que é reduzir os gastos com aContinuar lendo “Bolsonaro é o promotor da pandemia”

Autonomia do BCB: vetos de Bolsonaro permitem diretor banqueiro e sem dedicação exclusiva ao interesse público

A Lei Complementar nº 179, de 24.2.2021, “Define os objetivos do Banco Central do Brasil e dispõe sobre sua autonomia e sobre a nomeação e a exoneração de seu Presidente e de seus Diretores”. Já tratamos sobre a missão expandida do BCB em Autonomia Independente? e havíamos projetado o modelo cidadão de autoridade monetária emContinuar lendo “Autonomia do BCB: vetos de Bolsonaro permitem diretor banqueiro e sem dedicação exclusiva ao interesse público”