Brecht e a COVID

Dr. Evaldo Stanilaw, no twitter Primeiro morriam os desconhecidos. Mas não sei quem são, então não tem problema. Depois morreram conhecidos. Mas são distantes, tudo bem. Aí morreu minha tia. Era velha,tanto faz. Aí morre você…tudo bem, eu não te conheço! Assim matam indiferença, egoísmo e o negacionismo na COVID! Evaldo Stanilau, o bom doutor,Continuar lendo “Brecht e a COVID”

Estou rindo!

Em 5 de dezembro de 1918, há cento e dois anos, portanto, nascia em Varsóvia, Polônia, José Aron Sendacz. Chegou ao Brasil em 1930, onde se fez nacional, criou família e a Casa do Povo. Nestas plagas, compôs na sua língua natal a sua homenagem a Scholem Aleichem, um dos grandes poetas do leste europeuContinuar lendo “Estou rindo!”

Casa Arrumada

Carlos Drummond de Andrade (1902-1987) Casa arrumada é assim: Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa entrada de luz. Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um cenário de novela. Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os móveis, afofando as almofadas…Continuar lendo “Casa Arrumada”

Tempos de Isolamento

SIDNEI SCHNEIDER (*) Anitta nega candidatura à Presidência. General Ramos, ao depor, falou de PF, Bolsonaro jura que o general se enganou, que era sobre a GSI e Heleno, não Moro. Heleno citou várias áreas de segurança no seu depoimento, mas também a PF, e agora? No vídeo, Weintraub quer botar STF na cadeia. DamaresContinuar lendo “Tempos de Isolamento”