Castro Alves: O Povo ao Poder

Castro Alves, ou Antônio Frederico Castro Alves, é um poeta romântico do século XIX. Nasceu em Muritiba, no estado da Bahia, em 1847, e morreu em Salvador, no ano de 1871. É conhecido como o “Poeta dos Escravos”, em função de suas poesias de cunho abolicionista. QUANDO nas praças s’elevaDo povo a sublime voz…Um raio iluminaContinuar lendo “Castro Alves: O Povo ao Poder”

Menino 23

Documentário retrata infância roubada em fazenda nazista no interior de São Paulo Sinopse: “Em 1998, o historiador Sydney Aguilar ensinava sobre nazismo alemão para uma turma de ensino médio quando uma aluna mencionou que havia centenas de tijolos na fazenda de sua família estampados com a suástica, o símbolo nazista. Esta informação despertou a curiosidadeContinuar lendo “Menino 23”

Viva o Treze de Maio!

Alfredo de Oliveira Presidente do Congresso Nacional Afro-brasileiro Quando há um ano resgatávamos a poesia de José Aron Sendacz que registrou o 50º aniversário do 13 de Maio, não imaginávamos tamanha tragédia se abatendo sobre brasileiros “de todas as cores”. Vitória de Zumbi, Luiz Gama e do povo brasileiro. Fora o racismo de Bolsonaro! VamosContinuar lendo “Viva o Treze de Maio!”

Ilusão neoliberal de independência contribui para servidão jamais vista, diz psicanalista

Rosangela Ribeiro Gil e Manuella Soares, para Outras Palavras “O neoliberalismo não é possível sem uma colonização psíquica, que responde pela obediência inconsciente!”, explica a docente Nora Merlin I – Vida e arte Em qual encruzilhada estamos? O que nos pode salvar ou destruir por completo? Essas são algumas indagações que nos levaram a pesquisarContinuar lendo “Ilusão neoliberal de independência contribui para servidão jamais vista, diz psicanalista”