O caminho brasileiro para o nacional-desenvolvimentismo

Com informações da Hora do Povo e do Vermelho A Fundação Maurício Grabois, por meio da cátedra Cláudio Campos, deu início à construção de um projeto de país para o Brasil, como contribuição para, mais que superar a pandemia e o fascismo que pairam no ar, retomar as rédeas do desenvolvimento econômico e social brasileiro.Continuar lendo “O caminho brasileiro para o nacional-desenvolvimentismo”

Rogo às Autoridades para que a venda da RLAM seja barrada e que cesse o vínculo ao dólar dos preços dos combustíveis!

Célio Franco, no Linkedin Como dizia um grande poeta num verso que infelizmente continua atual: “Dormia… a nossa PÁTRIA MÃE tão Distraída, Sem perceber que era Subtraída, em tenebrosas Transações…” Enquanto cidadão brasileiro e patriota, até mesmo enquanto eleitor desse governo no segundo turno, pela promessa de UM BRASIL ACIMA DE TUDO e do combate diuturnoContinuar lendo “Rogo às Autoridades para que a venda da RLAM seja barrada e que cesse o vínculo ao dólar dos preços dos combustíveis!”

O desmonte da indústria farmacêutica no Brasil

Com informações da Hora do Povo A dependência de insumos importados nunca se fez tão grave quanto na pandemia. A desindustrialização no ramo dos fármacos tem colocado em marcha lenta a disponibilidade das vacinas, bem como nas alturas, ao sabor da flutuação cambial, o preço dos remédios necessários ao restabelecimento da saúde. Durante a pandemiaContinuar lendo “O desmonte da indústria farmacêutica no Brasil”

Líderes industriais repelem “retrocesso à jurássica lógica colonialista”

Hora do Povo, 27.1.2021 “Associações da indústria lançam manifesto contra as declarações feitas por Carlos Von Doellinger – indicado por Bolsonaro para presidir o Ipea – de que o Brasil deveria focar apenas na agricultura e mineração. “Na semana passada, o presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Carlos Von Doellinger, disse que oContinuar lendo “Líderes industriais repelem “retrocesso à jurássica lógica colonialista””

Mortes por asfixia em Manaus têm responsável, Bolsonaro, e cúmplice, White Martins

MIGUEL MANSO No pior dia da pandemia, falta de oxigênio mata pacientes de Covid em Manaus. Bolsonaro premia o cartel do oxigênio entregando a empresa de distribuição de gases da Petrobras Todos assistimos estarrecidos, consternados e principalmente indignados, a morte de centenas de brasileiros em Manaus nos últimos dias por falta de Oxigênio nos hospitaisContinuar lendo “Mortes por asfixia em Manaus têm responsável, Bolsonaro, e cúmplice, White Martins”

O fechamento da Ford e a desindustrialização do Brasil

O jornal O Poder Popular trouxe a economista Sofia Manzano, da UESB, em companhia do historiador Sidney Moura*, da Unidade Classista, e da mediadora Gercyane Mylena, para debater a industrialização do Brasil e o movimento que levou ao encerramento das atividades produtivas da Ford no país. No imaginário brasileiro popular do século passado, o automóvelContinuar lendo “O fechamento da Ford e a desindustrialização do Brasil”

Carestia, desemprego, endividamento e inadimplência

Como se relacionam a carestia de 6,3% sobre os mais pobres e 6,8 milhões de pedidos de seguro-desemprego com o aumento do endividamento das famílias brasileiras e da inadimplência nas contas de luz? Na primeira semana de 2021 a imprensa informou: “O Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1) divulgado pela Fundação GetúlioContinuar lendo “Carestia, desemprego, endividamento e inadimplência”

A saída da Ford e os salários rebaixados

Henry Ford, o criador dos veículos automotores e do método de produção que levam o seu nome, procurava oferecer aos seus empregados elevados salários, não só para motiva-los ao trabalho nas fábricas, mas principalmente para que pudessem comprar o seu produto: ter seu próprio carro. Há cem anos a multinacional iniciava a montagem dos modelosContinuar lendo “A saída da Ford e os salários rebaixados”

Governo federal exclui indústria nacional da compra de lanchas da Polícia Federal

Uma das formas de os Estados nacionais fomentarem o domínio da tecnologia, a indústria e os empregos em seus territórios é por meio das encomendas que faz. A preferência a fornecedores nacionais não se dá com sobrepreços ou subqualidade, mas sempre que soubermos fazer as coisas, melhor para o Brasil. Quando se trata da segurançaContinuar lendo “Governo federal exclui indústria nacional da compra de lanchas da Polícia Federal”

Bancos multilaterais de desenvolvimento sustentável

A admissão plena do Brasil no Banco Asiático de Investimentos em Infraestrutura motivou o Conselho Empresarial Brasil-China ao debate do tema com a estudiosa dos BRICS Karin Vazques, hoje residente em Xangai, China, após vivência de 7 anos em Nova Delhi, Índia; e Sergio Suchodolski, presidente do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais, com mediaçãoContinuar lendo “Bancos multilaterais de desenvolvimento sustentável”