A indústria submissa à financeirização

Ladislau Dowbor, ao Portal da NCST Enquanto avançamos pela Pedagogia da Economia, trazemos algumas ideias do professor para retomar o desenvolvimento do Brasil, alicerçado na indústria de transformação. Em detalhado arrazoado à Nova Central Sindical dos Trabalhadores (+2084 palavras), Dowbor relaciona os seguintes tópicos: • Gerar uma capacidade de controle efetiva de formação de monopóliosContinuar lendo “A indústria submissa à financeirização”

Líder metalúrgico debate Nacional Desenvolvimentismo com empresários e trabalhistas

Carlos Pereira, na Hora do Povo CNI: “China assumiu a agenda vencedora do Brasil e se tornou uma potência industrial” O diretor de Educação e Tecnologia da CNI (Confederação Nacional da Indústria), Rafael Lucchesi, declarou que há 40 anos não existe um projeto de país. O PIB brasileiro cresce a metade do crescimento dos paísesContinuar lendo “Líder metalúrgico debate Nacional Desenvolvimentismo com empresários e trabalhistas”

O nacional-desenvolvimentismo e a industrialização

Nilson Araújo de Souza O modelo agrário-exportador não conferia ao Brasil politicamente independente status de nação desenvolvida. Ao contrário, terminava por financiar, às expensas do trabalho nacional, o desenvolvimento dos países que se industrializavam. O capítulo 29 do Pensamento Nacional-desenvolvimentista é dedicado ao esforço brasileiro para superar a dependência das importações de manufaturados e bensContinuar lendo “O nacional-desenvolvimentismo e a industrialização”

O futuro da indústria no Brasil

Sergio Fausto e a Fundação FHC trouxeram o economista José Roberto Mendonça de Barros e o engenheiro João Fernando Gomes de Oliveira para expor seus estudos sobre o futuro da indústria no Brasil. Com base em dois casos reais, os estudiosos procuram mostrar que há no Brasil um setor industrial que se desenvolve à margemContinuar lendo “O futuro da indústria no Brasil”

O papel da indústria em um novo projeto de desenvolvimento

A emancipação nacional e o desenvolvimento independente do Brasil demandam um parque industrial capaz de prover o país de bens e tecnologia sem depender exclusivamente da boa vontade do capital financeiro internacional para com o país. Com mediação de Abigail Pereira, a TV Grabois apresentou três economistas para debater o tema. O professor da UFRJContinuar lendo “O papel da indústria em um novo projeto de desenvolvimento”

Desnacionalização

Haroldo Lima não só foi destacado dirigente nacional do PCdoB, como também representou o povo da Bahia na confecção da Constituição cidadã de 1988 e presidiu a Agência Nacional do Petróleo. Ao 10º Congresso partidário, em 2001, prestou informe especial sobre a desnacionalização, conforme se afere no capitulo 25 do Pensamento Nacional-desenvolvimentista. Haroldo afirma queContinuar lendo “Desnacionalização”

Industrialização e petróleo

Getúlio Vargas, Aeroporto Santos Dumont, novembro de 1940 Decorrida a primeira década da Revolução de 30, Vargas encontrou-se com industriais e trabalhadores no Rio de Janeiro, para prestar contas do trabalho realizado desde o início do governo. Seu pronunciamento integra o capítulo 12 do Pensamento Nacional-desenvolvimentista. Só há uma classe em antagonismo permanente, cuja nocividadeContinuar lendo “Industrialização e petróleo”

As riquezas naturais do Brasil e a industrialização

Getúlio Vargas, Minas Gerais, 1931 Poucos meses após o triunfo revolucionário de 1930 o presidente Getúlio Vargas visitava Minas Gerais, de cujo povo se esperava extrair o minério fundamental para a industrialização do Brasil. Na terra de Antonio Carlos e Olegário Maciel, Vargas explicou o que recebeu de seus antecessores e o esforço de primeiroContinuar lendo “As riquezas naturais do Brasil e a industrialização”

Roberto Simonsen: a indústria e o desenvolvimento do Brasil

Da terra de Bonifácio, o hino da cidade de Santos certamente a Roberto Cochrane Simonsen se refere quando entoa “tantos filhos na História”. Compõe o décimo capítulo do Pensamento Nacional-desenvolvimentista o artigo de Carlos Lopes na Hora do Povo, reputando-o como “um dos grandes homens do Brasil”, sendo que “a tacanhez era estranha à suaContinuar lendo “Roberto Simonsen: a indústria e o desenvolvimento do Brasil”

O “Ser Nacional” e a industrialização de Álvaro Vieira Pinto

Segundo César Benjamin, Álvaro Vieira Pinto foi “Catedrático da Faculdade de Filosofia da então Universidade do Brasil” e um dos “fundadores do Instituto Superior de Estudos Brasileiros (ISEB), cujo Departamento de Filosofia passou a chefiar“. “Nação, povo, trabalho, cultura, ciência, técnica, dependência, desenvolvimento, construção de identidades foram temas que permearam a fecunda reflexão de VieiraContinuar lendo “O “Ser Nacional” e a industrialização de Álvaro Vieira Pinto”