A emancipação nacional

Getúlio Vargas, em cadeia radiofônica nacional 31 de janeiro de 1954 Capítulo 17 do Pensamento Nacional-desenvolvimentista Ao iniciar o quarto ano de seu governo – que viria a ser o último de sua vida, Getúlio dirigiu-se aos ouvintes para explicar que seu programa de defesa dos valores do trabalho brasileiro estava em curso e nãoContinuar lendo “A emancipação nacional”

As riquezas naturais do Brasil e a industrialização

Getúlio Vargas, Minas Gerais, 1931 Poucos meses após o triunfo revolucionário de 1930 o presidente Getúlio Vargas visitava Minas Gerais, de cujo povo se esperava extrair o minério fundamental para a industrialização do Brasil. Na terra de Antonio Carlos e Olegário Maciel, Vargas explicou o que recebeu de seus antecessores e o esforço de primeiroContinuar lendo “As riquezas naturais do Brasil e a industrialização”

Euzébio Rocha e a independência energética do Brasil

Poucas situações na história do Brasil foram tão atinentes à questão da ingerência estrangeira sobre o “ser nacional” de Álvaro Vieira Pinto como o debate sobre a exploração do petróleo em subsolo pátrio. Em 1987, o Constituinte de 1946 e autor da Lei nº 2.004, que autorizou a criação da Petrobrás, Euzébio Rocha, contou aContinuar lendo “Euzébio Rocha e a independência energética do Brasil”

Anísio Teixeira e o anacronismo educacional

Todos os que sabem que a Terra é redonda e dispensam o “selo Decotelli” de Educação reconhecem o papel de Anísio Teixeira na formação de gerações de brasileiros. O portal Nova Escola o titula como o inventor da escola pública no Brasil e destaca que “o educador propôs e executou medidas para democratizar o ensinoContinuar lendo “Anísio Teixeira e o anacronismo educacional”

Crise estrutural e o Novo Projeto Nacional de Desenvolvimento

No momento em que as Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) e Central Geral dos Trabalhadores (CGTB) se unificam em seu V Congresso, fez importante saudação aos trabalhadores o professor pós-doutor e economista Nilson Araújo de Souza, sobre o novo projeto nacional de desenvolvimento. Pela relevância ao Brasil que quer produzir e fruirContinuar lendo “Crise estrutural e o Novo Projeto Nacional de Desenvolvimento”

Reorientar a economia financeirzada para uma economia produtiva

Reprodução da Hora do Povo Ciro: nossa tarefa é derrotar Bolsonaro e construir um projeto para o país, livre do rentismo Ciro Gomes disse que a base para a reorientação da economia financeirizada para a economia produtiva deve ser a atuação do Estado. Ao contrário do que pregam os “intelectuais” neoliberais, Ciro disse que oContinuar lendo “Reorientar a economia financeirzada para uma economia produtiva”

A criação da Eletrobrás

Recebemos nosso exemplar de Pensamento Nacional-desenvolvimentista, obra da Fundação Maurício Grabois, organizada pela cátedra Cláudio Campos. A corrente tentativa de o Brasil se desfazer do seu sistema elétrico nos levou a iniciar a leitura pelo capítulo 20, de autoria do presidente João Goulart. Dando materialidade ao sonho nacional e o projeto de Getúlio Vargas, emContinuar lendo “A criação da Eletrobrás”

Estão destruindo a nossa maior empresa: a Petrobrás!

Paulo Cesar Ribeiro Lima, ex-engenheiro da Petrobrás e consultor legislativo lembrou que a Petrobrás era uma empresa fantástica, diversificada, integrada do poço ao posto, mas que agora está sendo destruída. Com informações da Hora do Povo “Este último presidente da Petrobrás aprofundou e destruiu de fato o maior projeto nacional. Na minha visão, a PetrobrásContinuar lendo “Estão destruindo a nossa maior empresa: a Petrobrás!”

Pensamento nacional-desenvolvimentista

Em tertúlia online, a Fundação Maurício Grabois apresentou sua nova obra, que pode ser adquirida na Editora Anita Garibaldi, que reúne 31 textos de 16 distintos pensadores da nacionalidade, como explicou a coordenadora da cátedra Cláudio Campos, Rosanita Campos. O presidente da FMG, Renato Rabelo, que prefaciou o livro, abriu o encontro explicando que “osContinuar lendo “Pensamento nacional-desenvolvimentista”

O assalto ao Estado e a reforma administrativa

Nenhum dos 513 Deputados Federais pode alegar desconhecimento dos malefícios da Reforma Administrativa após a audiência pública protagonizada por Maria Lúcia Fatorelli, titular da Auditoria Cidadã da Dívida, cuja íntegra abaixo se dispõe. O projeto de desmonte do serviço público como o conhecemos trará um Estado que não comanda o desenvolvimento nacional nem presta osContinuar lendo “O assalto ao Estado e a reforma administrativa”