Parasitismo desculpável?

A imensa generosidade dos servidores públicos na Cidade de São Paulo, em socorro aos afligidos pela maior enchente em décadas, talvez seja capaz de perdoar o senhor Paulo Guedes por suas lamentáveis palavras. O que não se pode desculpar a um Ministro de Estado é a assediosa referência a seus subordinados provados em concurso público,Continuar lendo “Parasitismo desculpável?”