Covid na Baixada Santista – atualização da semana

Com base nas informações da Fundação Seade, temos o seguinte quadro metropolitano: A boa notícia é que, mesmo sob flexibilização, a ocupação hospitalar tem diminuído e os óbitos são em menor quantidade que há um mês, embora todos tristes. O que os gráficos mostram, no entanto, é que quase mil vizinhos já perderam prematuramente aContinuar lendo “Covid na Baixada Santista – atualização da semana”

Covid-19, relaxamento semana 3: uma atualização

A marca de 700 mil doentes terem recuperado a saúde é motivo de alegria neste sábado. O sofrimento destes e outros quinhentos mil brasileiros ora em tratamento e a morte precoce de 56 mil dos nossos, que poderia ser minorada por uma ação oficial que não dependesse do “histórico de atleta” de cada um nãoContinuar lendo “Covid-19, relaxamento semana 3: uma atualização”

2ª onda?

Uma semana após a flexibilização “laranja” no Estado de São Paulo, a ocupação de leitos de UTI segue pouco abaixo de 70%. A contaminação, no entanto, cresceu 26% em sete dias, mais do que na relativamente estável semana anterior: A estabilidade da marcha letal do vírus pode ser explicada pelo comportamento popular diante da flexibilizaçãoContinuar lendo “2ª onda?”

Maldade a flor da pele

A criação de memes e hashtags para ampla reprodução por uma massa que não presta atenção no que está fazendo faz revelar o lado “wesen” das pessoas – para quem não assistiu à série televisa Grimm, os wesen são humanos que se transformam em feras irracionais quando não controlam provocações aos seus piores sentimentos. SobreContinuar lendo “Maldade a flor da pele”

E daí?

Toda pessoa formada em medicina é, quando do seu registro para o exercício da profissão, chamada a proferir o Juramento de Hipócrates. Uma imensa maioria, à exceção de um Harry Shibata aqui, um Roger Abdelmassih ali, o faz com sinceridade e o preserva por toda uma vida, muito além das suas obrigações laborais. O ex-MinistroContinuar lendo “E daí?”

Portuários: trabalhadores essenciais

Quando assistimos a “Cidadãos Globais”, vimos as imagens das arenas esportivas, fechadas, dos EUA com letreiros luminosos de agradecimento aos trabalhadores essenciais que ocupam a linha de frente no combate à pandemia global. No Brasil, merecem o nosso apreço os agentes de saúde, segurança e logística de alimentos e remédios. Mas não só eles. OsContinuar lendo “Portuários: trabalhadores essenciais”

Presidente Jim Jones

James Warren “Jim” Jones ficou famoso por ter suicidado 922 seguidores da seita que fundou, como forma de abreviar a vida terrena e antecipar a ida dos devotos ao “reino celestial”. A tragédia aconteceu em 1978. No Brasil, são mais de 23 mil casos de Covid-19 confirmado pela pequena testagem feita e 1.355 brasileiros jáContinuar lendo “Presidente Jim Jones”

Isolamento social em defesa da vida!

“Diante das pressões para relaxar o isolamento social, informo os dados do Covid-19 Visualizer, realtivos à evolução de infectados e mortos entre 2 e 8.4.2020 : INFECTADOS (evolução, em milhares) EUA: 220 – 410 (86%)Itália: 83 – 95 (15%)Espanha: 73 – 84 (14%)Franca: 42 – 81 (92%)Alemanha: 62 – 74 (19%)Grã-Bretanha: 31 -54 (75%)Brasil: 6,7Continuar lendo “Isolamento social em defesa da vida!”

Banco Central e o coronavírus (2)

Ontem tratamos do posicionamento do Presidente do Banco Central do Brasil no enfrentamento à pandemia, registrando sua apresentação online para dirigentes financeiros e clientes da XP Investimentos. As curvas que delinearam o final do artigo anterior foram objeto de alguns comentários por leitores. De comum, acrescentaram que o seu alongamento, modelo ideal de se obter,Continuar lendo “Banco Central e o coronavírus (2)”

Banco Central e o coronavírus

O Presidente do Banco Central do Brasil esteve na noite do dia 4 de Abril na firma de investimentos XP para apresentar, antes mesmo de à Nação, os fundamentos das medidas em curso pela Autoridade monetária no enfrentamento à crise sanitária. Roberto Campos Neto falou aos clientes convidados para a transmissão ao vivo sobre osContinuar lendo “Banco Central e o coronavírus”