O “ponto de derrama” da arrecadação tributária

O Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil – Sindifisco Nacional – apresentou no início de 2022 nova versão de A defasagem na correção do imposto de renda da pessoa física, compreendendo o período de 1996 até hoje. Como se nota na tabela, salvo dois arredondamentos para cima, somente em três exercíciosContinuar lendo “O “ponto de derrama” da arrecadação tributária”

Miséria e pobreza explodem com Bolsonaro

Paulo Kliass, no Vermelho Sendo objetivo fundamental da República Federativa do Brasil “erradicar a pobreza e a marginalização“, os números da figura ao lado expressam preocupação e mostram insuficiência das políticas públicas, quando não confronto com o que é esperado pela sociedade dos governantes. O mesmo item III do artigo 3ª da Constituição determina aindaContinuar lendo “Miséria e pobreza explodem com Bolsonaro”

A sonegação de impostos e o descumprimento de direitos

Não se trata aqui de restringir o direito constitucional de quem quer que seja à judicialização do que lhe pareça direito, menos ainda à União, zeladora do bem e do caixa públicos. Mas o levantamento trazido pela Folha de São Paulo aponta uma controvérsia no mínimo curiosa. O precavido administrador de riscos sabe que umaContinuar lendo “A sonegação de impostos e o descumprimento de direitos”

Reduzir desigualdades

Há alguns dias fomos brindados com o artigo de Ergon Cugler* no Jornal da Usp. O jovem e premiado pesquisador em Políticas Públicas observa que a redução das desigualdades no Brasil, assim como a erradicação do pobreza, é objetivo fundamental da República. Mais do que um imperativo moral da sociedade e obrigação constitucional dos governantes,Continuar lendo “Reduzir desigualdades”

Extrema desigualdade

A Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil – Unafisco Nacional – traz um par de notas técnicas bastante elucidativas sobre as desigualdades no Brasil. Em “Concentração de renda no Brasil não pode ser entendida olhando o 1% da população” a associação mostra que o porcento mais rico do país inclui bastanteContinuar lendo “Extrema desigualdade”

Menos desigualdade, mais Brasil

Há dois anos os Auditores Fiscais federais e estaduais afirmavam que é possível fazer justiça fiscal no Brasil. E mostravam como: Reforma Tributária Solidária. Um intenso estudo e debate concluído em 2018, com a participação de autoridades tributárias de diversos países, que nos trouxeram suas experiências, a progressividade dos impostos parecer ser a chave daContinuar lendo “Menos desigualdade, mais Brasil”