Entre a bravata e a realidade

Claro que a palavra é livre – em casa, na rua, em qualquer lugar. Inclusive em reuniões políticas de certo porte. A realidade é muito complexa para que se contenha a expressão do pensamento em regras rígidas ou gabaritos de pretenso bom senso. Mas quando se tem responsabilidade sobre os rumos deste ou daquele movimentoContinuar lendo “Entre a bravata e a realidade”

Autonomia do Banco Central

A inconclusa regulamentação do Artigo 192 da Constituição Federal, que trata da organização do sistema financeiro, destinada a promover o desenvolvimento equilibrado do país e servir aos interesses da coletividade, dá margem às tentativas de aproveitamento do vácuo legal para interesses particulares, menores que o da sociedade. Volta à cena a autonomia do Banco Central,Continuar lendo “Autonomia do Banco Central”

O Bom Retiro do século 20

Quando há cem anos meus avós e então jovens pais chegaram ao Bom Retiro, antigas terras do Barão de Três Rios, subiram a serra de trem e ali encontraram pronta a Estação e o Parque da Luz, como tantos gregos e italianos, coreanos e bolivianos o fizeram em distintas jornadas, por uma vida melhor noContinuar lendo “O Bom Retiro do século 20”

Santos e o valor do trabalho

Os repetidos e severos ataques ao fundamento republicano do trabalho não causa senão, no mínimo, consternação em todo o território nacional. Em Santos, não é diferente. Nesta semana, integramo-nos nas movimentações dos aposentados brasileiros, condição hegemônica dos moradores da “ilha encantada” e bastante relevante entre os seus vizinhos de Baixada. Na quinta-feira, dia 13 deContinuar lendo “Santos e o valor do trabalho”

A SUBSTITUIÇÃO DA DÍVIDA PÚBLICA POR INSTRUMENTOS DE CAPITAL

Fiz as anotações abaixo há dois anos. De lá para cá, caiu o custo médio da dívida (a 8,7%) mas aumentou o estoque de títulos (a R$ 4,25 trilhões). Resultado: os juros pagos continuam os mesmos, extraindo da economia o máximo de ovos, até o limite de tolerância da galinha. O resto é preocupação atualContinuar lendo “A SUBSTITUIÇÃO DA DÍVIDA PÚBLICA POR INSTRUMENTOS DE CAPITAL”

Incompetência no MEC é armadilha para o desmonte das Universidades

Publicado originalmente em Blog do Ergon:
São inegáveis os avanços que o Sistema de Seleção Unificada (SiSU) junto ao Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) trouxeram ao Brasil. A crise nas notas divulgadas pelo SiSU 2020 demonstraram o tamanho do impacto na vida dos estudantes de todo país. Não bastasse, as inscrições para o Programa…

Parasitismo desculpável?

A imensa generosidade dos servidores públicos na Cidade de São Paulo, em socorro aos afligidos pela maior enchente em décadas, talvez seja capaz de perdoar o senhor Paulo Guedes por suas lamentáveis palavras. O que não se pode desculpar a um Ministro de Estado é a assediosa referência a seus subordinados provados em concurso público,Continuar lendo “Parasitismo desculpável?”

Fundos sociais e econômicos públicos no Brasil

Não exagerava o ex-governador cearense Ciro Gomes quando afirmava que a destruição do Brasil é política pública do governo federal. Entre os muitos e agressivos ataques veio a ameaça de extinguir 248 fundos infraconstitucionais da União, Estados, Distrito Federal e Municípios brasileiros. A PEC 187/2019 preserva apenas aqueles constantes das Constituições e suas disposições transitórias.Continuar lendo “Fundos sociais e econômicos públicos no Brasil”

Capitalismo Humanista

Reproduzimos a íntegra do artigo do deputado estadual Caio França, publicado originalmente n’A Tribuna de 5.2.2020, pela relevância do trabalho deste “filho na história” que obteve indicação ao comitê norueguês do Prêmio Nobel, não para a Economia, mas para o muito mais relevante da Paz. UM SANTISTA ILUSTRE INDICADO AO NOBEL DA PAZ 2020 VocêContinuar lendo “Capitalismo Humanista”

A Ilha

A insistente sugestão de alguns leitores de que devemos deixar esta terra tropical rumo a países como a Coreia ou Cuba, traz-me a lembrança da semana que passei na ilha caribenha, em tempo que da base militar da Flórida estadunidense partiam diariamente dezenas de voos tripulados em sua direção, tentando repetir a invasão dos PorcosContinuar lendo “A Ilha”