O Pessach e os metalúrgicos de São Bernardo

O isolamento social, agora atenuado, nos levou a contar histórias da Passagem à Liberdade de milênios atrás por meio de mensagem nesta página. Aqui estão as de 2020 e a de 2021. 662 mil de nossos patrícios não sobreviveram ao vírus, a maior parte dessas vidas prematuramente encerradas poderia ter sido salva, e comemoraríamos comContinuar lendo “O Pessach e os metalúrgicos de São Bernardo”

Pablo Neruda: a esperança da Humanidade

Um canal a cabo apresentou o primeiro capítulo da série chilena Neruda, mas por enquanto parou por aí. Nos trouxe à lembrança duas das três das casas do poeta e Senador do país que se estende entre os Andes e o Pacífico, que visitamos como museus em nossa recente estada no Chile. Na de Valparaíso,Continuar lendo “Pablo Neruda: a esperança da Humanidade”

Polícia cumpre 31 mandatos contra grupos neonazistas em cidades brasileiras

Hora do Povo Pesquisador Michael German alerta que crescimento dos grupos neonazistas ocorreu após a eleição do presidente Jair Bolsonaro. A Operação Bergon, ação conjunta entre a Polícia Civil do RJ e o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) prendeu nesta quinta-feira (16) quatro membros de grupos neonazistas que disseminava ódio contra negros eContinuar lendo “Polícia cumpre 31 mandatos contra grupos neonazistas em cidades brasileiras”

Nelson Mandela: uma crônica de liberdade e humanismo

“Depois que me tornei presidente, pedi ao meu acompanhante que fossemos almoçar em um restaurante. Sentamo-nos e cada um de nós pediu o que queria. Na mesa da frente, havia um homem esperando para ser servido. Quando ele foi servido, eu disse a um dos meus soldados: vá e peça àquele homem que se junteContinuar lendo “Nelson Mandela: uma crônica de liberdade e humanismo”

Vai passar, git Pessach, feliz Páscoa

Tem um ano que publicamos nossa mensagem de mesmo título pela Passagem, ou Pessach, ou Páscoa, à Liberdade. Longe ainda, mas cada vez mais pertos, de nos vermos livres da moderna praga faraônica que assola o Brasil, choramos a cada dia mais vidas prematuramente encerradas. Munidos de, ainda que poucas, vacinas e às vésperas deContinuar lendo “Vai passar, git Pessach, feliz Páscoa”