Superavit do Agro supera o da Balança Comercial

Marta Watanabe (Valor, 19/10/2022) informa: o superávit comercial da agropecuária brasileira atingiu US$ 53 bilhões no período de janeiro a setembro deste ano e supera os US$ 47,7 bilhões de saldo positivo da balança total brasileira no mesmo período de 2021. A indústria extrativa também contribuiu no período com o superávit, mas em menor escala:Continuar lendo “Superavit do Agro supera o da Balança Comercial”

Balança comercial recorde oculta desequilíbrios graves

Luís Antônio Paulino, no Bonifácio As exportações brasileiras alcançaram, em 2021, o valor recorde de US$ 280,39 bilhões. O saldo comercial também foi recorde, somando US$ 61 bilhões. São números extremamente positivos que deram uma importante contribuição para o PIB de 2021. É importante, contudo, examinar esses números em detalhes para verificar as forças eContinuar lendo “Balança comercial recorde oculta desequilíbrios graves”

Agronegócio e inflação: como baixar os preços e saciar a fome

Cássio Netto, no Facebook Se o Agro pagasse imposto de exportação, reduziria seu ganho líquido. Isso faria com que os preços praticados no País pudessem ser menores para proporcionar o mesmo ganho gerado pelo produto exportado. Além disso, geraria arrecadação para o governo central, melhorando suas contas. Isso proporcionaria aumento de confiança ao investidor, inclusiveContinuar lendo “Agronegócio e inflação: como baixar os preços e saciar a fome”

Análise de geógrafos desmistifica a versão de que o agro é a maior força econômica brasileira

A questão já havia sido abordada em O Agro é Pop?. Mas o estudo de Marco Antônio Mitidiero Junior e Yamila Goldfarb, da Associação Brasileira de Reforma Agrária (Abra), resumido em artigo de Tatiana Merlino para O Joio e o Trigo – jornalismo investigativo sobre saúde, alimentação e poder – quantifica bastante bem a contribuiçãoContinuar lendo “Análise de geógrafos desmistifica a versão de que o agro é a maior força econômica brasileira”

Quem quer investir nas fazendas do MST?

A operação de captação por meio de CRA (Certificado de Recebíveis do Agronegócio), estruturada por João Paulo Pacífico, do Grupo Gaia, atingiu em duas semanas a meta de R$ 17,5 milhões e incrementará a produção em seis fazendas do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra. O valor é de pouca monta diante dos cerca deContinuar lendo “Quem quer investir nas fazendas do MST?”

As contribuições da Ciência na agricultura brasileira

Da genialidade nacional desenvolvimentista ao negacionismo neoliberal O Bonifácio.net trouxe em março artigo de Luciano Rezende Moreira sobre os “números incontestáveis da Embrapa” – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária no desenvolvimento agropecuário nacional e o seu descaminho nos anos recentes. A hipótese de um progresso sustentável, guiado pela mão invisível do mercado, já foi refutadaContinuar lendo “As contribuições da Ciência na agricultura brasileira”

Economia sem complicação, na RBA Litoral

Estivemos mais uma vez conversando com Pascoal Vaz na Manhã RBA Litoral, com apresentação de Rodrigo Bertolino e Tânia Maria. Desta feita, dois temas tiveram destaque: o descaminho brasileiro para o mapa da fome e o desemprego crescente. Abordamos o primeiro ponto sob a ótica da oferta de alimentos no mercado interno e tratamos daContinuar lendo “Economia sem complicação, na RBA Litoral”

O agro é pop?

Recebemos o artigo abaixo como contribuição ao presente debate sobre o agronegócio brasileiro. Quando o país se desindustrializa a olhos vistos e a pauta de exportações reduz-se a umas poucas culturas rurais, o tema ganha relevância não só pela carestia dos alimentos no Brasil, mas também pela concentração de renda que produz, sem contrapartidas sociaisContinuar lendo “O agro é pop?”