Valorização do trabalho e fortalecimento do mercado interno (final)

Carlos Alberto Pereira destacou como mais relevante medida o estabelecimento do salário-mínimo, com as observações abaixo acompanhadas de suas considerações finais ao novo projeto de desenvolvimento nacional. O salário-mínimo A medida mais profunda e efetiva no sentido da melhoria das condições de vida do trabalhador e da consolidação do mercado interno, foi o estabelecimento deContinuar lendo “Valorização do trabalho e fortalecimento do mercado interno (final)”

Valorização do trabalho e fortalecimento do mercado interno (parte 4)

Getúlio Vargas adotou diversas medidas para valorizar o trabalho, como ferramenta para o fortalecimento do mercado interno, segundo Carlos Alberto Pereira. Como resgate da contribuição nacional-desenvolvimentista, são elas: A – Criação do Ministério do Trabalho – novembro de 1930 – chamado Ministério da Revolução, Um ministério para zelar e ampliar os direitos dos trabalhadores. UmContinuar lendo “Valorização do trabalho e fortalecimento do mercado interno (parte 4)”

Valorização do trabalho e fortalecimento do mercado interno (parte 3)

O terceiro bloco das considerações de Carlos Alberto Pereira volta-se ao fortalecimento do mercado interno, sob a ótica do nacional-desenvolvimentismo. Construção da Companhia Siderúrgica Nacional Sobre o investimento público O capital estrangeiro que dispunha de tecnologia para o setor de bens de capital, não tinha interesse em desenvolver o setor de máquinas, equipamentos e insumos.Continuar lendo “Valorização do trabalho e fortalecimento do mercado interno (parte 3)”

Valorização do trabalho e fortalecimento do mercado interno (parte 2)

Na primeira parte, Carlos Alberto Pereira estabeleceu o cenário de degeneração econômica e política da oligarquia cafeeira e a dependência ao imperialismo inglês. À sequência, o tema foi a Revolução de 30 e o programa revolucionário de Getúlio Vargas. A Revolução de 30 começa em 1º de março de 1922. A oficialidade jovem ansiava porContinuar lendo “Valorização do trabalho e fortalecimento do mercado interno (parte 2)”

Valorização do trabalho e fortalecimento do mercado interno

À construção do novo projeto nacional de desenvolvimento em debate na Fundação Maurício Grabois, Carlos Alberto Pereira procurou demonstrar “que a Revolução de 1930, liderada por Getúlio Vargas, pelo movimento tenentista e pelo empresariado nacional, foi uma revolução nacional, democrática e anti-imperialista, que derrubou a oligarquia cafeeira do poder, promovendo, assim, a burguesia industrial.“ PereiraContinuar lendo “Valorização do trabalho e fortalecimento do mercado interno”

Política externa independente para o novo projeto de desenvolvimento nacional

A Cátedra Claudio Campos, da Fundação Maurício Grabois, deu seguimento ao seminário “Nacional-desenvolvimentismo e o novo projeto de desenvolvimento nacional“, tratando na segunda rodada da política externa independente e a defesa nacional. Ao abrir os trabalhos, o titular da cátedra Nilson Araújo rememorou as bases getulistas do nacional-desenvolvimentismo, em que o investimento público, o aumentoContinuar lendo “Política externa independente para o novo projeto de desenvolvimento nacional”

O caminho brasileiro para o nacional-desenvolvimentismo

Com informações da Hora do Povo e do Vermelho A Fundação Maurício Grabois, por meio da cátedra Cláudio Campos, deu início à construção de um projeto de país para o Brasil, como contribuição para, mais que superar a pandemia e o fascismo que pairam no ar, retomar as rédeas do desenvolvimento econômico e social brasileiro.Continuar lendo “O caminho brasileiro para o nacional-desenvolvimentismo”

Mortes por asfixia em Manaus têm responsável, Bolsonaro, e cúmplice, White Martins

MIGUEL MANSO No pior dia da pandemia, falta de oxigênio mata pacientes de Covid em Manaus. Bolsonaro premia o cartel do oxigênio entregando a empresa de distribuição de gases da Petrobras Todos assistimos estarrecidos, consternados e principalmente indignados, a morte de centenas de brasileiros em Manaus nos últimos dias por falta de Oxigênio nos hospitaisContinuar lendo “Mortes por asfixia em Manaus têm responsável, Bolsonaro, e cúmplice, White Martins”

Ano novo, página nova

A virada do calendário e a coleção de meio milhar de artigos nos obriga a organizar melhor o acesso ao conteúdo da página. Visite e comente: isosendacz.org E divulgue. Desenvolvendo a obra dos que nos antecederam, juntos vamos fazer deste imenso país uma grande Nação, com vacina, democracia e desenvolvimento nacional.

A “esquerda” que o capital quer e a frente ampla que o Brasil precisa

A Fundação FHC trouxe o filósofo Pablo Ortellado e a matemática Tatiana Roque, ela primeira suplente da bancada federal fluminense do PSOL, para conversar* sobre o avanço conservador que se extremou com a eleição de Jair Bolsonaro e os desafios do chamado campo de esquerda no momento atual da politica brasileira. Ortellado observou que oContinuar lendo “A “esquerda” que o capital quer e a frente ampla que o Brasil precisa”