Saiam todos de máscara para defender na praça hoje a justiça para Mari Ferrer

O chamado famoso de Ulisses Guimarães exigiu, para este domingo, duas adaptações. A primeira, de precaução sanitária. A mais importante, certamente mais ainda que o próprio voto direto, é o clamor da gente de bem deste país por Justiça. Se o estupro encontra-se entre os crimes mais hediondo e doentios, o julgamento do algoz deContinuar lendo “Saiam todos de máscara para defender na praça hoje a justiça para Mari Ferrer”

Substituir as más pelas boas ações

Tradições antigas reservam o dia de hoje para o pedido de perdão por mal feitos que tenhamos cometido durante a última volta da Terra em torno do Sol que se passou, em busca do novo com a alma lavada. Um tempo de duras provas, diante da dupla dobragem da meta de “uns trinta mil mortos”Continuar lendo “Substituir as más pelas boas ações”

Ficar a Pátria livre!

Quando quase dois séculos depois do rompimento da dependência colonial de Portugal o Brasil é importador de “complexos” trilhos de trem, ainda que em solo pátrio jazem imensas reservas da matéria prima do produto, não se pode dizer que a obra da Independência Nacional tenha sido completada. Quando o minuto silente com que os esportistasContinuar lendo “Ficar a Pátria livre!”

Fisioterapia, uma crônica sobre o trabalho consciente

Meu modesto contato com a fisioterapia resume-se a um antigo tratamento de reeducação postural global e a certeza da atuação inclusiva dos profissionais da especialidade quando alguma função motora não vai bem. Mesmo assim, escolhi aleatoriamente os fisioterapeutas como personagem da crônica de hoje, como um modelo de organização social e laboral que vale paraContinuar lendo “Fisioterapia, uma crônica sobre o trabalho consciente”

Basta!

Enquanto a assembleia do ICIB gritava Basta! às mais estapafúrdias reproduções de frases e imagens nazistas performadas pelo Presidente da República e seus ajudantes, o mesmo grito ecoava em outras importantes gargantas brasileiras. O “desafio do leite” com os ministros e a “oração a Bolsonaro” com os militares reproduzem como um retrato as imagens doContinuar lendo “Basta!”