Segunda, 16, vamos falar de dinheiro

Um simples equivalente universal ou ele próprio uma mercadoria? Retransmitimos o convite dos acadêmicos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP -Caraguatatuba) para a nossa apresentação da próxima segunda, 16 de Março. Nela abordaremos sobre o desenvolvimento do modo de produção capitalista, o papel do dinheiro nessa história e comoContinuar lendo “Segunda, 16, vamos falar de dinheiro”

Riqueza Financeira

A unidade fluminense da Universidade Mackenzie inaugurou o semestre letivo de Economia com aula magna do Professor Doutor Fernando Nogueira da Costa, o conhecido titular do blogue Cidadania e Cultura. O acadêmico da Unicamp abordou aspectos teóricos, históricos e a tomada de decisões práticas a respeito da riqueza financeira. Para “emancipar” mais alguns “membros daContinuar lendo “Riqueza Financeira”

No 1º trimestre de 2021, lucro dos grandes banco tem crescimento de 35,2% e dividendos são o quarto maior da amostra

A Economática provê uma plataforma de análise do desempenho das ações de empresas listadas em bolsa de valores, voltada à obtenção de ganhos em fundos de investimentos naquele mercado. Seus estudos, no entanto, revelam outro aspecto do capitalismo financeiro que quem não é acionista ou especulador do mercado secundário em regra fica só com aContinuar lendo “No 1º trimestre de 2021, lucro dos grandes banco tem crescimento de 35,2% e dividendos são o quarto maior da amostra”

A espiral capitalista

Participando do curso O Capital, da Fundação Maurício Grabois, recuperamos muitos dos conceitos que detínhamos por vezes empiricamente ou de forma isolada, no que diz respeito ao desenvolvimento capitalista observado por Karl Marx já no século 18. Os 23 vídeos disponíveis tratam dos vários volumes da obra do economista alemão, conhecida na forma organizada porContinuar lendo “A espiral capitalista”

Família mal-agradecida?

Lauro Jardim apôs nota em O Globo sobre circulação monetária: Uma família de São Paulo acaba de enviar ao exterior a módica quantia de R$ 50 bilhões (são bilhões mesmo). Tudo legal e regular. Tanto que apenas de ITCMD (Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação) pagou R$ 2 bilhões (sim, são bilhões mesmo). Deixemos ao contenciosoContinuar lendo “Família mal-agradecida?”