Ísis, a mãe de todos os faraós

Como no Brasil o dia é das crianças, vamos contar uma história bem antiga. Ísis foi uma divindade egípcia tida como a mãe de todos os faraós. Ao lado de seu marido Osíres, muito antes das pirâmides, teria sido a primeira governante daquele povo, no norte da África. Os egípcios acreditavam que Ísis era a responsávelContinuar lendo “Ísis, a mãe de todos os faraós”

Dinheiro: quanto é suficiente para não ser infeliz?

Publicado originalmente em Blog Cidadania & Cultura:
Tim Harford (Financial Times, 01/09/22) pergunta: quanto dinheiro você precisa para alcançar a felicidade? Sai assim do lugar comum — “dinheiro não traz felicidade“. — dito por quem o tem em excesso, ou seja, além do suficiente… Pergunto eu: a felicidade é mensurável ou é uma atitude ou…

Economia da Felicidade

Publicado originalmente em Blog Cidadania & Cultura:
Armando Castelar (Valor, 02.09.22) escreveu artigo sobre Economia e Felicidade, linha analítica há anos incorporada em meu curso de Finanças Comportamentais no IE-UNICAMP. Ele informa sobre a liderança dos países nórdicos no World Happiness Report publicado esta semana (worldhappiness.report/). A Finlândia aparece mais uma vez como o país…

Devemos perseguir a felicidade? Psicólogo explica por que não

Publicado originalmente em Portal Factótum Cultural :
Pessoas que valorizam a felicidade em um grau extremo são, na verdade, menos propensas a serem felizes a curto e longo prazo De acordo com os pesquisadores, não há problema em aspirar a ser feliz, mas, onde as pessoas se deparam com problemas, é quando se preocupam com…

Balões e suas lições

12 de Outubro, feriado da Padroeira do Brasil, homenageia um grande bem da Humanidade, as crianças. A elas, de todas as idades, uma fábula universal sobre a felicidade, cuja autoria e nacionalidade desconhecemos. Um professor deu um balão para cada estudante, que teve que o encher, escrever o nome nele e jogar no corredor. OContinuar lendo “Balões e suas lições”

Economia da Boa Vida em lugar da Economia da Felicidade

Publicado originalmente em Blog Cidadania & Cultura:
Criador do chamado paradoxo felicidade-renda, ao qual foi conferido seu nome, e pioneiro no estudo da relação entre satisfação pessoal e dinheiro, Richard A. Easterlin chega aos 95 anos, completados em janeiro, batendo na mesma tecla que o inspira desde 1974, quando publicou seu primeiro estudo sobre a…

Índice Geral de Felicidade da Nação

Em extensão de Administração de Sistemas de Informação cursada ainda no século passado, uma aula especial do orientador do curso Sergio Bio demonstrou que o que importava era a felicidade geral da Nação. Fernando Nogueira da Costa colige um conjunto de referências sobre a felicidade individual e social, esta relativa à metade consciente da espécieContinuar lendo “Índice Geral de Felicidade da Nação”

A volta da vida, da alegria, da Independência e da Democracia

A Terra tarda para circundar o Sol, aproximadamente, o tempo que leva para girar 365 vezes em torno do seu próprio eixo. Dessa forma, há múltiplas, mesmo infinitas, possibilidade de se medir o ano. Uma delas é o antigo calendário lunar, que parte de (em algumas horas mais) 5781 giros espaciais atrás. O ano assimContinuar lendo “A volta da vida, da alegria, da Independência e da Democracia”

A felicidade como obrigação

Um antigo e sábio professor, Sérgio Bio, ensinou uma vez que o indicador socioeconômico mais relevante, o único que deve ser considerado, é o IGF – Índice Geral de Felicidade. Aprendi agora com Rita Almeida que felicidade, no entanto, não é sinônimo de saúde mental. Houve um tempo, no Brasil, em que 60% da verbaContinuar lendo “A felicidade como obrigação”