Balões e suas lições

12 de Outubro, feriado da Padroeira do Brasil, homenageia um grande bem da Humanidade, as crianças.

A elas, de todas as idades, uma fábula universal sobre a felicidade, cuja autoria e nacionalidade desconhecemos.

Um professor deu um balão para cada estudante, que teve que o encher, escrever o nome nele e jogar no corredor. O professor então misturou todos os balões. Os alunos tinham 5 minutos para encontrar o seu próprio balão. Apesar de toda a agitação, ninguém encontrou seu balão.

Naquele momento, o professor disse aos alunos para pegarem o primeiro balão que encontrassem e entregar à pessoa cujo nome estava escrito nele. Em cinco minutos, cada um tinha o seu próprio balão.

O professor disse aos alunos:

“Esses balões são como a felicidade. Nunca a encontraremos se todo mundo estiver procurando somente a sua. mas, se nos preocuparmos com a felicidade dos outros… também encontraremos a nossa”.

A história também ensina sobre a superioridade do coletivo sobre o indivíduo, na única espécie gregária dotada de consciência. Juntos, somos mais eficientes e eficazes, não só na busca da felicidade.

Felizes todos dias, todas as crianças!

Há um ano, comemoramos com Aquarela, de Toquinho.

Publicado por Iso Sendacz

Engenheiro Mecânico pela EESC-USP, Especialista aposentado do Banco Central, diretor do Instituto Cultural Israelita Brasileiro, conselheiro da CNTU e Aguaviva, membro da direção estadual paulista do Partido Comunista do Brasil. Foi presidente regional e diretor nacional do Sinal. Nascido no Bom Retiro, São Paulo, mora em Santos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: