Os Partizans – Guerrilheiros Judeus da 2ª Guerra

Minha homenagem aos heróis 19/04/2021 Horacio Sendacz Todos os anos a Casa do Povo rememora os insurgentes judeus do Gueto de Varsóvia e aqui eu presto minha homenagem a eles. Mordechai Anielevicz e companheiros decidiram resistir às tropas nazistas em 1943, não com a esperança de vencê-las definitivamente, mas para, pelo menos, terem uma morteContinuar lendo “Os Partizans – Guerrilheiros Judeus da 2ª Guerra”

Um sonho de Goldfadn

Em 1948 o Teatro Municipal de São Paulo teve, por várias semanas, audiência completa para conhecer a primeira montagem da obra de Jacob Rotbaum, apresentada no idioma original, em ídiche. A peça convoca o teatro a renascer e resgatar a vida, após a devastação da segunda guerra mundial. A nova montagem do musical, pela CasaContinuar lendo “Um sonho de Goldfadn”

Casa do Povo: relembrando 2020

A rara resiliência da Casa do Povo, construída logo após a 2ª Guerra como um monumento vivo de cultura para que o morticínio de então jamais se repita, fez neste ano pandêmico, com prudência sanitária, uma vasta rede de Vizinhança contra o Coronavírus, enquanto sua programação prosseguiu de forma digital. No começo do ano, lançamosContinuar lendo “Casa do Povo: relembrando 2020”

TAIB, 60 anos

Há seis décadas a cidade de São Paulo ganhava o Teatro de Arte Israelita Brasileiro, instalado no subsolo da Casa do Povo, construída pelos imigrantes do leste europeu no Bom Retiro para que nunca mais o fascismo repetisse seu torpe genocídio contra quem quer que seja, em nenhum lugar do mundo. Relevante espaço da cenaContinuar lendo “TAIB, 60 anos”

Enquanto isso… Marina Sendacz

Quando o mundo ganhava a penicilina e o Rei Alberto chegava ao Brasil para inaugurar a siderúrgica Belgo Mineira, imigrantes judeus do leste europeu fundavam no Bom Retiro de 1921 o Tzukunf, o clube cujo nome em idiche se traduz por futuro. Assim Marina Sendacz dá início à historiografia do Instituto Cultural Israelita Brasileiro, queContinuar lendo “Enquanto isso… Marina Sendacz”