PORQUE UM BURACO NO PORTO DE SANTOS INCOMODA TANTA GENTE?

Enquanto a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo procede à CPI das Cavas Subaquáticas, é oportuno conhecer mais para concluir sobre a segurança e a sustentabilidade do meio-ambiente caiçara, sem prejuízo ao movimento portuário na Baixada Santista. A Comissão Parlamentar de Inquérito foi instalada em 2021 com a finalidade de “investigar irregularidades envolvendo osContinuar lendo “PORQUE UM BURACO NO PORTO DE SANTOS INCOMODA TANTA GENTE?”

90 anos do Centro dos Estudantes de Santos e Região da Baixada Santista

De acordo com as Histórias e Lendas de Santos, o jornalista Paulo Matos, falecido em 2010, por ocasião da retomada da sede do CES pelos estudantes caiçaras em 1988, datilografava cinco laudas sobre a história do Centro fundado em 8 de Janeiro de 1932 – a segunda entidade estudantil mais antiga do Brasil. “Antigamente eraContinuar lendo “90 anos do Centro dos Estudantes de Santos e Região da Baixada Santista”

Presidente da Aguaviva alerta para os perigos da instalação de terminal de fertilizantes em Santos

“É importante alertar a opinião pública sobre desatenção e o desrespeito com as populações das cidades de Santos, Guarujá e da Baixa Santista, para a ameaça da instalação de terminais com armazenamento de cargas perigosas, como o nitrato de amônio, na região de Outerinhos em Santos, ao lado de hospitais, escolas e moradias. Não podemosContinuar lendo “Presidente da Aguaviva alerta para os perigos da instalação de terminal de fertilizantes em Santos”

O futuro do Porto de Santos

Em uma série de matérias próprias e artigos do Eng. Eduardo Magano, a Portogente aborda a necessária ampliação e modernização portuária na Baixada Santista. Os ativos portuários não são meras fontes de caixa do governo, privatizáveis para pagar juros e outras coisas, mas fonte de riqueza para o país e carentes de investimentos da ordemContinuar lendo “O futuro do Porto de Santos”

Associação Guarujá Viva

Segundo o Planeta Biologia, as águas vivas habitam todos os oceanos há 650 milhões de anos e é um cnidário invertebrado “composto de uma substância gelatinosa em forma de sino que envolve sua estrutura interna, da qual os saem vários tentáculos”, que podem chegar a 36 metros de comprimento. É também o acrônimo da AssociaçãoContinuar lendo “Associação Guarujá Viva”

Porchat: a ilha com a cara do Brasil

Ligada à porção vicentina da Ilha Encantada pelas areias das praias do Itararé e Gonzaguinha, a guardiã da Baía de São Vicente, berço da colonização portuguesa na Capitania que veio a ser o Estado de São Paulo, antes de Porchat a ilha já foi chamada do Mudo, das Cobras e das Cabras. Mera coincidência aContinuar lendo “Porchat: a ilha com a cara do Brasil”

A ponte pênsil vicentina interliga a Baixada há mais de cem anos

Muito antes da ponte estaiada que se vê nos jornais paulistanos da TV Globo, um par de estacas foi fincado em terra firme e outro na Ilha de São Vicente para, por meio de cabos de aço, sustentar a ponte famosa e os dutos saneadores de Guilherme de Britto. Quem conta um pouco da históriaContinuar lendo “A ponte pênsil vicentina interliga a Baixada há mais de cem anos”

Santos comprometida com o desenvolvimento metropolitano

Reduzir desigualdades com soluções regionais Muita gente mora em Santos e trabalha nos municípios vizinho e vice-e-versa; em termos de comércio e lazer, o movimento transmunicipal também é grande. Dessa forma, as pessoas têm necessidades a serem atendidas para além do município de residência Do programa do Movimento 65 O advento do novo Estatuto daContinuar lendo “Santos comprometida com o desenvolvimento metropolitano”