Fim do piso de investimentos submete municípios ao colapso fiscal

Publicado originalmente em Blog do Ergon:
Após as articulações de Paulo Guedes para garantir seu projeto de financeirização da educação a longo prazo, a chamada PEC do Pacto Federativo (PEC 188/2019) reúne forças em meio ao movimento de Reforma do Estado. Porém, as mesmas prefeituras que se encantam com a promessa de liberdade de gestão…

Macabras comemorações

Há nas redes sociais, e mesmo em vetustos meios editoriais, uma plêiade de demagogos juniores, plenos e seniores para afirmar que o Brasil começou a consertar o estrago de vários anos, graças aos quadros “tecnicamente” escolhidos e a “razoável integridade” dos membros do governo. Não estamos falando principalmente das predições de “mercado”, cuja função primazContinuar lendo “Macabras comemorações”

Flávio Dino em São Paulo

A Força Sindical inaugurou sua série de debates sobre O Brasil que Queremos com a presença do governador maranhense Flávio Dino, no auditório paulistano do Palácio do Trabalhador. Miguel Torres, presidente anfitrião, encontrava-se ladeado por colegas de outras centrais e diante de centenas de trabalhadores interessados em conhecer as ideias do palestrante. O comunista, cristãoContinuar lendo “Flávio Dino em São Paulo”

Morar em área de risco

Reproduzo o texto abaixo conforme o recebi, exceto alguns ajustes gramaticais, pela relevância da desgraça sentida na pele por aqueles que muito perderam com as chuvas na Baixada Santista, inclusive a própria vida, em muitos casos. Desconheço o autor, mas assiste-lhe razão quando afirma que morar em área de risco não é gosto ou opção,Continuar lendo “Morar em área de risco”

O capital estrangeiro no Sistema Financeiro Nacional

Em 2016 produzimos estudo sobre a presença estrangeira no Sistema Financeiro Nacional (SFN) e a sua natural obediência ao universo legal brasileiro, bastante alinhado, aliás, às práticas internacionais. Determina a Constituição da República Federativa do Brasil que todo o investimento estrangeiro precisa atender aos interesses nacionais, exceto se feito no sistema financeiro, no qual bastaContinuar lendo “O capital estrangeiro no Sistema Financeiro Nacional”

O jogo não é para amadores

Trazemos o artigo do Eng. Miguel Manso* sobre o novo anúncio de empenho governamental à instalação de cassinos no Brasil. Ilustra um “ensinamento” de um antigo patrão: “não bastam os tubarões, é preciso pescar todas as sardinhas”. Do bolso do povo. “Tava demorando para que aparecessem os donos das máquinas caça níqueis dos EUA queContinuar lendo “O jogo não é para amadores”

As boas intenções

Há alguns dias circula pelas redes sociais um poema apócrifo sobre as qualidades do “palhaço” que endurece o “diabo”, fazendo uma tosca comparação entre um par de personagens presidenciais. Para não deixar dúvidas, o “palhaço” tem “quartel e esquadra de apoio”, enquanto o “diabo” “bebe que nem um gambá e aguarda condenação”. A indicação deContinuar lendo “As boas intenções”

Fábrica de fazer fábricas

Não é de hoje, no Brasil, que a indústria de bens de capital tem feito mais água que máquinas. Mas um conjunto de comentários nas redes sociais recomenda o registro de alguns aspectos dessa questão chave da nacionalidade. É antiga a discussão sobre a primazia desse setor em relação a todas as demais atividades econômicas.Continuar lendo “Fábrica de fazer fábricas”

Na marra, não pode!

Vem do iluminismo francês o apreço humano pela democracia, pelo debate de ideias e pela unidade de ação. Não por menos que a Constituição da República Federativa do Brasil funda-se no Estado Democrático de Direito. O poder que emana do povo e em seu nome é exercido não pode ser atacado senão segundo as regrasContinuar lendo “Na marra, não pode!”

O espectro político

A segmentação do espectro político está bem ilustrada na figura representativa do parlamento revolucionário francês do final do século 18: a bancada burguesa estabelecida à direita da mesa, oposta à dos proletários, ocupando as cadeiras à esquerda dos dirigentes da assembleia. O elemento essencial para a classificação do indivíduo é o seu compromisso de classe,Continuar lendo “O espectro político”