100 mil não vão “tocar a vida”

A antiga tradição mosaica reserva o sábado para a celebração da Paz e de uma boa semana. Hoje, uma marca não traz motivo para qualquer comemoração. Quando as mortes por um mero vírus ganham um zero a mais no Brasil, o Presidente do “E daí?” sugere tocar a vida, benção que não mais albergará cemContinuar lendo “100 mil não vão “tocar a vida””

Nem corrupção, nem milícia

O, nesse caso, insuspeito Valor Econômico tabulou respostas de 600 brasileiros que, há dez dias, disseram que votariam em Bolsonaro se eleições estivessem ocorrendo no dia da pesquisa. A maioria declarou que está mais rica do que já esteve no passado Muito do que se sente ao ver imagens na imprensa foi confirmado. Querem maisContinuar lendo “Nem corrupção, nem milícia”

Ajuda imergencial

O ato ou efeito de imergir apresenta-se como o antônimo de emergência, daí a licença poética do título. Se o auxílio foi estabelecido pelo Congresso Nacional em R$ 600, menos que o salário mínimo, que razão há para retardar em 30 a 90 dias o saque em dinheiro da parcela? Nos tempos da gripezinha, eramContinuar lendo “Ajuda imergencial”

Desmascarado o Presidente

Antes mesmo do corrente teste para Covid-19 realizado pelo Excelentíssimo Senhor Presidente da República Federativa do Brasil, que esperamos negativo, o Chefe da Nação exerceu sua prerrogativa legal de sancionar com vetos um projeto de lei apresentado pelo Congresso Nacional. Não foi um veto recomendado pelas autoridades sanitárias, antes o contrário. Nem mesmo pelo liberalismoContinuar lendo “Desmascarado o Presidente”

O senhor embaixador

Há cerca de um mês, o embaixador brasileiro na França escreveu ao Le Monde, jornal de grande circulação naquele país, queixando-se e procurando esclarecer as condições retratadas pelo jornal sobre a pandemia no Brasil. Pareceu o diplomata imbuído de boas intenções mas, não obstante os elegantes cumprimentos ao editor, o que escreveu deixou a impressãoContinuar lendo “O senhor embaixador”

Ignorância e necropolítica

Em uma semana que se confundiu ato religioso com saudação militar, em plena rampa do Palácio, fui leitor de bizarras percepções do que seja o comunismo, apresentado como justificativa para inumanas práticas fascistas. Todos sabemos que o comunismo corresponde a uma etapa da vida em sociedade na qual, como especificou Karl Marx, cada um aportaContinuar lendo “Ignorância e necropolítica”

Agora é salvar vidas. E logo depois?

A colunista Claudia Safatle, do Valor Econômico, informou na sexta-feira, 17, a intenção oficial de promover a recuperação econômica no pós-crise. Segundo a matéria, o Ministro Paulo Guedes, da Economia, encomendou ao Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) estudo sobre como promover a retomada da economia quando o isolamento social acabar, com a vitória daContinuar lendo “Agora é salvar vidas. E logo depois?”