Petrobras: Petro para Bras ou para Acionistas Minoritários?

Não faz muito tempo a maior empresa do Brasil tinha o monopólio do petróleo sob o solo e as águas brasileiras e foi uma das alavancas mais importantes do desenvolvimento nacional, seja pelo pioneirismo em águas profundas e pré-sal, seja pela suficiência energética do país, e até pelo fomento ao esporte e à cultura.
Em um mercado global dominado por “quatro irmãs”, cuja retaguarda estatal é atômica, passa a diminuir a sua participação no mercado em muitas das atividades que se tornou especialista, entre elas planeja reduzir à metade o refino do óleo cru.
Assegura agora dividendo mínimo, em vez de preço mínimo para os brasileiros e suas empresas. Não com crescimento mas, como diz a parábola, “vendendo a galinha”.

Blog Cidadania & Cultura

Felipe Laurence, Gabriela Ruddy e André Ramalho (Valor, 26/11/21) informam: o novo plano de negócios da Petrobras consolida a empresa como uma boa pagadora de dividendos. A companhia dobrou as projeções de remuneração aos acionistas em relação ao planejamento estratégico anterior (2021-2025) e prevê distribuir de US$ 60 bilhões a US$ 70 bilhões entre 2022 e 2026.

O primeiro plano da gestão do general (salário mensal de R$ 260.400,00) aumenta em 24% os investimentos, para US$ 68 bilhões nos próximos cinco anos, mas mantém, de uma maneira geral, uma linha de continuidade ante as administrações passadas do governo golpista e do desgoverno do capitão.

Ao apresentar o novo planejamento aos investidores, a petroleira reforçou: manterá o foco no pré-sal e no controle da dívida bruta próxima aos patamares atuais de US$ 60 bilhões. Apesar de ter anunciado novos investimentos na Refinaria Abreu e Lima (Rnest), em Pernambuco, a…

Ver o post original 1.703 mais palavras

Publicado por Iso Sendacz

Engenheiro Mecânico pela EESC-USP, Especialista aposentado do Banco Central, diretor do Instituto Cultural Israelita Brasileiro, conselheiro da CNTU e Aguaviva, membro da direção estadual paulista do Partido Comunista do Brasil. Foi presidente regional e diretor nacional do Sinal. Nascido no Bom Retiro, São Paulo, mora em Santos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: