Bom Retiro é o mundo

Estivemos 17.11 caminhando pelas ruas do nosso bairro natal vendo como, mesmo em tempo de imigração de avião, o Bom Retiro ainda é a casa de gente de todo o planeta, que escolheu o Brasil como um lar de esperança para si e sua família. Dono da internacionalmente famosa Rua Três Rios, sua identidade éContinuar lendo “Bom Retiro é o mundo”

Fim-de-semana a gosto do leitor

#VacinaSim Tudo de Bom Retiro: lançamento dos livros de Marina Sendacz, o eruv da Casa do Povo e três histórias, inclusive do time do bairro. Números imaginários – resposta alternativa C Temos que: (i + 1)8 = ((i + 1)²)4 = (i² + 2i + 1²)4 (i + 1)8 = (-1 + 2i + 1)4 (i + 1)8 = (2i)4Continuar lendo “Fim-de-semana a gosto do leitor”

Bom Retiro, 138

Do seu loteamento original à condição de um dos bairros mais legais do mundo – o primeiro do Brasil! -, o Bom Retiro encerra muitas histórias. Localizado entre os rios Tietê e Tamanduateí, ele foi formado, no século 19, por algumas chácaras e sítios, como a “Chácara do Bom Retiro” que deu origem ao nomeContinuar lendo “Bom Retiro, 138”

Casa do Povo: relembrando 2020

A rara resiliência da Casa do Povo, construída logo após a 2ª Guerra como um monumento vivo de cultura para que o morticínio de então jamais se repita, fez neste ano pandêmico, com prudência sanitária, uma vasta rede de Vizinhança contra o Coronavírus, enquanto sua programação prosseguiu de forma digital. No começo do ano, lançamosContinuar lendo “Casa do Povo: relembrando 2020”

Enquanto isso… Marina Sendacz

Quando o mundo ganhava a penicilina e o Rei Alberto chegava ao Brasil para inaugurar a siderúrgica Belgo Mineira, imigrantes judeus do leste europeu fundavam no Bom Retiro de 1921 o Tzukunf, o clube cujo nome em idiche se traduz por futuro. Assim Marina Sendacz dá início à historiografia do Instituto Cultural Israelita Brasileiro, queContinuar lendo “Enquanto isso… Marina Sendacz”

Há 110 anos, o mais brasileiro

Somos ambos do Bom Retiro, o Corinthians meio século mais velho. Em homenagem, um singelo poema ao campeão dos campeões! Essa história que tanto me seduz Tem início no Jardim da Luz Uma grande alegria me traz A caminho da Sergio Thomaz Na esquina de Zepa e Martins Imigrantes tupiniquins Deram berço a um grandeContinuar lendo “Há 110 anos, o mais brasileiro”

Nova Luz

Reproduzo crônica nossa de dez anos atrás, sobre o comércio especializado paulistano, do Bom Retiro ao Brás, que nos parece atual: Sou filho do Bom Retiro, morava ali pertinho do Jardim e da Estação da Luz. Cresci na lojinha, comerciantes que eram meus pais na José Paulino. E por longo tempo andei pelas ruas dessaContinuar lendo “Nova Luz”

Quadrinhos – parte I

A imagem ao lado é da bela obra de Álvaro de Moya, comemorativa dos 50 anos da primeira exposição internacional de quadrinhos no Brasil. O autor do livro e seus jovens companheiros dos anos 1940 trabalharam uma década até inaugurar a mostra em junho de 1951. Malditos eram os quadrinhos entre as autoridades brasileiras naqueleContinuar lendo “Quadrinhos – parte I”