Valorização do trabalho e fortalecimento do mercado interno (parte 2)

Na primeira parte, Carlos Alberto Pereira estabeleceu o cenário de degeneração econômica e política da oligarquia cafeeira e a dependência ao imperialismo inglês. À sequência, o tema foi a Revolução de 30 e o programa revolucionário de Getúlio Vargas.

A Revolução de 30 começa em 1º de março de 1922.

A oficialidade jovem ansiava por um Brasil livre da oligarquia cafeeira, com voto secreto, educação pública, industrialização, moralidade administrativa, erradicação da miséria. A solução revolucionária tem por objetivo organizar uma coluna revolucionária que marchasse até o Catete e depusesse o governo. A resolução é a de marcharem contra a tropa governamental. Ao todo, 4.000 homens contra os 18 do Forte.

Dois anos depois, mais experientes, o centro do levante seria a cidade de São Paulo. A oligarquia cafeeira, não tinha mais condições de exercer com segurança o seu poder. Confrontada seguidamente por levantes revolucionários, seria finalmente abatida do poder em 1930.

A 1.ª divisão Revolucionária, comandada por Miguel Costa e Luiz Carlos Prestes percorreu 25 mil km, 10 estados e ocupou mais de 500 cidades, durante os 21 meses. Os revolucionários encerraram a campanha em fevereiro de 1927, com a moral da invencibilidade, que feriu de morte o regime de monocultura, de fraude eleitoral, de boicote à industrialização e de submissão humilhante ao imperialismo inglês.

O Nacional Desenvolvimentismo visa a industrialização do país. Para tanto é fundamental, por um lado, o fortalecimento do mercado interno, isto é, o crescimento substancial da capacidade de consumo dos trabalhadores. Por outro lado, o investimento público, concentrado na produção de meios de produção, de infraestrutura e matérias-primas. Fundamenta-se na aliança entre o estado, os trabalhadores e o empresariado nacional. Tem como razão, o desenvolvimento econômico voltado para a população.

O governo Getúlio não esperou a crise externa passar para a economia voltar a crescer, como alguns contemporâneos nossos. O que Getúlio percebeu é que a crise internacional, que atinge os países centrais é uma oportunidade fenomenal para a conquista da independência econômica no Brasil. Não passou despercebido para Getúlio o surto espontâneo de industrialização durante a 1.ª guerra mundial.

Programa Revolucionário de Getúlio:

  1. Política de substituição de importações de bens de consumo;
  2. O governo comprou o excedente da produção de café com emissão de moeda e não com créditos externos;
  3. Em agosto de 1931 suspendeu parte dos pagamentos da dívida externa;
  4. Controle de câmbio;
  5. desvalorização da moeda;
  6. Elevou as tarifas de importação;
  7. Em janeiro de 1952 Getúlio envia ao Congresso projeto de lei visando limitar em 10% a remessa de lucro exterior do capital investido; e
  8. Investimento público em bens de produção, infraestrutura e insumos.
  • 1938 – Criação do Conselho Nacional do Petróleo;
  • 1939 – Conselho Nacional de Águas e Energia Elétrica;
  • 1940 – Companhia Siderúrgica Nacional;
  • 1942 – Companhia Vale do Rio Doce e Banco de Crédito da Borracha (atual Banco da Amazônia);
  • 1943 – Companhia Nacional de Álcalis e Fábrica Nacional de Motores;
  • 1945 – Companhia Hidrelétrica do São Francisco;
  • 1952 – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Banco do Nordeste;
  • 1953 – PETROBRAS;
  • 1954 – Envio ao Congresso do Projeto Eletrobrás, criada por Jango em 1962.

Publicado por Iso Sendacz

Engenheiro Mecânico pela EESC-USP, Especialista aposentado do Banco Central, diretor do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central e do Instituto Cultural Israelita Brasileiro, conselheiro da CNTU, membro da direção estadual paulista do Partido Comunista do Brasil. Nascido no Bom Retiro, São Paulo, mora em Santos.

4 comentários em “Valorização do trabalho e fortalecimento do mercado interno (parte 2)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: