Mocinha

José Aron Sendacz 1.7.1939 Mocinha! Vieste trazida pelas vagas do oceano, Lançaste uma fagulha no meu coração Percebeste e compreendeste Mas mesmo assim desapareceste para sempre através dos mares. Teu sorriso e delicadeza, a força do teu olhar, Penetram em mim como raios ardentes, Quero agora confessar meus emudecidos sentimentos Através de versos, de rimasContinuar lendo “Mocinha”

Quo vadis-19

Quando um vírus atinge a bilionária marca nas menções da internet vem uma certeza: ele ficou bastante famoso! Doenças muitos mais letais como a SARS e a imuno-deficiência (AIDS) tiveram não mais que 5% das aparições do Covid-19, o popular coronavírus. É evidente que é preciso conhecer, prevenir, de preferência eliminar e sempre tratar osContinuar lendo “Quo vadis-19”