TAIB, 60 anos

Inauguração do Teatro de Arte Israelita Brasileiro – TAIB

Por José Aron Sendacz, outubro de 1960, em Um Homem do Mundo

O Instituto Cultural Israelita Brasileiro sente-se orgulhoso em poder entregar nesta solenidade o Teatro de Arte Israelita Brasileiro, à cidade de São Paulo.

Esta magnífica sala de espetáculos, que no momento nos acolhe, é um fruto do esforço e principalmente da compreensão que o quadro social do Instituto, através de sua diretoria, demonstrou para a necessidade de dotar à coletividade israelita e o povo paulistano em geral, com mais um teatro, um teatro moderno, um teatro tecnicamente equipado, que esteja à altura das necessidades artísticas de nossa cidade.

Essa contribuição da coletividade israelita à cultura teatral brasileira faz parte da enorme contribuição, que em todas as épocas do povo brasileiro, os judeus aqui radicados, deram ao desenvolvimento material e espiritual desta terra.

Desde os tempos de Cabral que o judeu vem trabalhando para o engrandecimento de nossa terra.

Perseguidos pela intolerância da santa inquisição, inúmeros judeus que se refugiaram, tornando-se bandeirantes, desbravando nosso sertão, contribuindo com seu esforço, com seu sangue, com sua inteligência, para a formação econômica-social e espiritual do Brasil.

Diogo Alvarez Correa, João Ramalho, Branca dias, Fernão Dias Paes Leme, o primeiro rabino no Brasil Izac Aboab da Fonseca e entre tantos outros, são nomes conhecidos aos que tem o mais elementar conhecimento da História do Brasil.

Orgulhamo-nos de lembrar que o maior teatrólogo brasileiro do século, foi o judeu Antonio José da Silva, nome consagrado no mundo teatral, e que teve um fim trágico, sendo queimado nos Autos da Fé da Santa inquisição em Portugal, acusado de praticar o judaísmo.

A coletividade israelita atualmente radicada no Brasil, emigrados ou brasileiros de origem judaica, sentem-se honrados e orgulhosos em estarem contribuindo para o engrandecimento desta grande terra, não só no campo do comércio, da indústria, das finanças, mas principalmente no campo da ciência, do magistério, da arte, tomando parte ativa e em número proporcionalmente elevado, em todos os setores da criação e divulgação da cultura brasileira.

Nós, do Instituto Cultural israelita Brasileiro, temos principal objetivo, a divulgação da milenar cultura judaica não somente entre nossa coletividade, mas também entre a intelectualidade e o povo brasileiro, contribuindo assim pelo desenvolvimento da própria cultura brasileira, com melhores criações, com os mais preciosos tesouros espirituais que possuímos. Ao mesmo tempo, procuramos divulgar entre a coletividade israelita radicada em São Paulo, os grandes valores da cultura brasileira, tornar conhecidos seus poetas, seus romancistas, seus músicos, seus pensadores do passado e do presente, despertando cada vez mais o interesse e respeito pelo patrimônio espiritual deste povo, tornando-se assim mais brasileiro.

Desde o dia de sua fundação, desde agosto de 1953, o Instituto Cultural Israelita Brasileiro, tudo tem feito para alcançar esse objetivo e com satisfação afirmamos o muito que conseguimos, pois esta casa, em todos os seus pavimentos, se tornou de fato um centro divulgador de cultura judaica e brasileira, e muito tem contribuído para o entrosamento dos valores espirituais de ambos os povos.

Neste ato solene, entregam à coletividade israelita de São Paulo e ao povo paulistano em geral, esta sala de espetáculos, que com tanta abnegação, com tanto amor construímos. Esperamos que neste palco sejam encenadas as melhores obras teatrais, os mais belos concertos, porque só assim, nós da diretoria do ICIB e todos os que nos ajudaram nesta grande obra sentir-nos-emos compensados pela difícil tarefa que hoje terminamos. A diretoria do ICIB agradece a todos os seus associados e amigos que a ajudaram na execução desta obra, agradece aos engenheiros, ao arquiteto Dr. Jorge Willheim, ao Eng. Biro E. Zeitel, que demonstraram não apenas dedicação profissional na execução dos mínimos detalhes. Agradecemos às autoridades que hoje nos prestigiam com presença, aos artistas, críticos, que tanta compreensão demonstraram por nosso trabalho, aos grupos artísticos de nosso Instituto  que há meses estão se esforçando na preparação da programação das festividades da inauguração, à imprensa, ao rádio, à televisão que divulgaram com tanta amplitude este grande acontecimento. A todos aqui presentes, nosso muitíssimo obrigado.

Publicado por Iso Sendacz

Engenheiro Mecânico pela EESC-USP, Especialista aposentado do Banco Central, conselheiro da Casa do Povo, EngD, CNTU e Aguaviva, membro da direção estadual paulista do Partido Comunista do Brasil. Foi presidente regional e diretor nacional do Sinal. Nascido no Bom Retiro, São Paulo, mora em Santos.

4 comentários em “TAIB, 60 anos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: