Quadrinhos – parte IV

Poucos artistas brasileiros foram ou são capazes de captar a alma nacional, o jeito de ser brasileiro, como o é o desenhista Maurício de Souza. Quem no país, e até no exterior, não conhece a Turma da Mônica, cuja inspiração são suas próprias filhas e as crianças da vizinhança onde morava.

Na entrevista ao Último Segundo, a própria Mônica Souza registra sua história: Se me tiravam do sério eu dava umas coelhadas.

Monica Souza

Seus personagens traziam cada um uma característica da nossa formação cultural, e não se limitavam à cena urbana. Um dos mais queridos é sem dúvida o Chico Bento:

Maurício nos ensinou sobre muitas outras turmas, como as origens dos Sapiens, com o solteiro e revolucionário Piteco, e mesmo antes, com o simpático dinossauro Horácio.

Vencendo a pandemia

Não houve campanha educativa ou de interesse público que Maurício de Souza e sua equipe tivessem se omitido de contribuir com suas histórias e personagens. A ele e à infância brasileiro, o nosso muito obrigado.

Paz no futebol

Continua

To be continuedA continuación

Publicado por Iso Sendacz

Engenheiro Mecânico pela EESC-USP, Especialista aposentado do Banco Central, diretor do Instituto Cultural Israelita Brasileiro, conselheiro da CNTU, membro da direção estadual paulista do Partido Comunista do Brasil. Nascido no Bom Retiro, São Paulo, mora em Santos.

6 comentários em “Quadrinhos – parte IV

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: