Qual a Agenda de Reformas que o Brasil precisa para retomar o Desenvolvimento Econômico? Primeira Parte

Quando o Congresso Nacional atribui ao Banco Central do Brasil responsabilidade em “fomentar o pleno emprego” – dos trabalhadores e demais forças produtivas -, se antevê a dificuldade de faze-lo se as reformas de Estado em andamento, que visam reduzir o seu papel na economia, não mudarem o sentido para ajudar no crescimento econômico.
As etapas trabalhista, previdenciária e do teto de gastos não propiciaram a prometida explosão do emprego, do consumo e do bem estar dos brasileiros, e no Congresso outras apontam também ao fundo do poço, como bem fundamenta Oreiro.
Só poderiam cumprir o desejado se o gasto privado substituísse o gasto público contido, uma impossibilidade prática já tratada pelo professores Belluzzo e Ricardo Carneiro.

José Luis Oreiro

José Luis Oreiro**

        

    A sociedade Brasileira enfrenta uma profunda crise econômica, política, social e civilizacional desde 2013. Durante os 10 anos anteriores, a combinação entre um ambiente externo extremamente favorável, na forma de rápido crescimento da economia mundial e elevação dos preços das commodities, do aumento do poder de compra das classes mais desfavorecidas devido ao aumento real do salário mínimo e dos programas de assistência social e do aumento do crédito bancário como proporção do PIB permitiu uma aceleração do crescimento econômico (Ver Figura 1), cuja média móvel decenal alcança o pico de 4,04% a.a precisamente em 2013, uma aumento significativo com respeito das duas décadas anteriores. A partir de 2013, contudo, o ritmo de crescimento da economia brasileira (medido pela média móvel decenal) sofre um processo de desaceleração contínua, alcançando a marca de 1,26% a.a. em 2018, o nível mais baixo para a série iniciada…

Ver o post original 1.799 mais palavras

Publicado por Iso Sendacz

Engenheiro Mecânico pela EESC-USP, Especialista aposentado do Banco Central, diretor do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central e do Instituto Cultural Israelita Brasileiro, membro da direção estadual paulista do Partido Comunista do Brasil. Nascido no Bom Retiro, São Paulo, mora em Santos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: