RBA: autonomia do BC e orçamento municipal em tempos de pandemia

Estivemos 17 de Novembro mais uma vez na Rádio Brasil Litoral para colaborar com o debate da Manhã Litoral, junto com Pascoal Vaz e sua Economia sem Complicação e os competentes radialistas Tania Maria e Rodrigo Bertolino.

O papel do sistema financeiro nacional é definido na Constituição Federal. Dele se espera “promover o desenvolvimento equilibrado do País e a servir aos interesses da coletividade”. Para isso, seu organizador, o Banco Central do Brasil, precisa atentar, além do controle de preços e a preservação da poupança popular, para o crescimento econômico e pleno emprego, como fazem EUA e China, por exemplo. A autonomia ora discutida no Congresso Nacional precisa determinar esse avanço na missão da autarquia.

No plano municipal, o orçamento ora em elaboração nos municípios precisa prever, além de empregos e mais empregos para milhões de cidadãos, um atendimento social mais contundente neste tempo pandêmico em que se teme uma segunda onda.

Publicado por Iso Sendacz

Engenheiro Mecânico pela EESC-USP, Especialista aposentado do Banco Central, diretor do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central e do Instituto Cultural Israelita Brasileiro, membro da direção estadual paulista do Partido Comunista do Brasil. Nascido no Bom Retiro, São Paulo, mora em Santos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: