Lendas indígenas brasileiras

No portal Segredos do Mundo Renata Gonçalves Pereira relata um pouco dos povos originários do Brasil. Ela destaca: “as lendas indígenas nos traz riquezas em histórias, sabedoria e cultura. Até mesmo nos dia de hoje, as lendas despertam a curiosidade!”

Segundo Gustavo Ramos, em seu artigo sobre as tribos indígenas, “os índios foram os primeiros habitantes do país. Afinal, na época que o Brasil foi descoberto, aproximadamente 5 milhões de pessoas já moravam aqui em suas tribos indígenas. Atualmente, a população indígena é de 896,9 mil pessoas. Cerca 0,47% da população brasileira. Sendo esses distribuídos em 305 etnias, com 274 idiomas diferentes.”

Muitas das histórias resgatadas por Renata são bem conhecidas Brasil afora. Destaquemos duas, relativas ao surgimento de plantas das selvas brasileiras:

Lenda da Mandioca

Na lenda da mandioca, sua origem é explicada com base na história da pequena índia Mani. De acordo com a lenda, Mani, era neta do cacique, tinha a pele branca como leite, porém, não viveu muito. Certa manhã, sua mãe a encontra morta, triste, a enterra na Oca da aldeia.

Com o passar dos dias, em sua tristeza, a mãe de Mani rega sua sepultura com suas lágrimas, até que, no local, nasceu uma planta diferente cheia de flores. Ao encontrar as raízes, vendo que era branca por dentro, assim como Mani, resolveu cozinha-las, e assim, descobriu um alimento que é considerado como um dos mais importantes alimentos indígenas. Quanto ao nome, foi uma homenagem a pequena índia, juntando seu nome Mani, com Oca onde foi enterrada.

Lenda do Guaraná

Segundo a lenda, um casal em uma aldeia não podiam ter filhos, depois de muito pedir, foram atendidos e assim, nasceu um índio belo e bom, onde toda a aldeia gostava dele. Porém, um dia, cego pela inveja, Jurupari, o deus da escuridão, se transforma em uma serpente e matou o menino enquanto colhia frutos.

Sua mãe inconsolável, chora a Tupã, que manda que enterre os olhos do pequeno índio. Assim, nasce a planta de guaraná, que se assemelha ao olho humano.

+12 lendas e informações, Segredos do Mundo

Publicado por Iso Sendacz

Engenheiro Mecânico pela EESC-USP, Especialista aposentado do Banco Central, conselheiro da Casa do Povo, EngD, CNTU e Aguaviva, membro da direção estadual paulista do Partido Comunista do Brasil. Foi presidente regional e diretor nacional do Sinal. Nascido no Bom Retiro, São Paulo, mora em Santos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: