Vai passar, git Pessach, feliz Páscoa

Tem um ano que publicamos nossa mensagem de mesmo título pela Passagem, ou Pessach, ou Páscoa, à Liberdade. Longe ainda, mas cada vez mais pertos, de nos vermos livres da moderna praga faraônica que assola o Brasil, choramos a cada dia mais vidas prematuramente encerradas.

Munidos de, ainda que poucas, vacinas e às vésperas de testar o nosso próprio imunizante, “mais uma vez, é chegada à hora de celebrar, recordando a saída do Egito e a Liberdade”, como nos disse à mesa Horacio Sendacz, em 2017. “Esta festa inclui receber bem e acolher o estrangeiro e o faminto, sempre bem vindos à nossa mesa, porque éramos estrangeiros e famintos quando escravos no Egito.”

Conta-se da história antiga da dificuldade de os escravos encerrarem a sua inumana condição no cativeiro. A modernidade talvez nos poupe de tanto sofrimento, mas fiquemos atentos aos desvarios do obscurantismo e sobre ele joguemos a luz da nossa consciência.

Dizia Claudio Campos que do ponto de vista individual, a morte sempre vence a vida, mas do ponto de vista coletivo, é a vida que sempre vence.

Vamos juntos, porque vai passar e novamente nos sentaremos todos à mesa, construindo um mundo de liberdade para o nosso e todos os povos.

Git Pessach. Feliz Páscoa.

Por muito apropriada, endossamos os votos de boa passagem do Dr. Sidney Klajner:

Precisamos voltar a preservar a vida, deixando de ser um país que, infelizmente, vem cultivando a morte. Como presidente do Einstein, uma instituição que tem como missão levar saúde à sociedade por meio de suas atividades no setor privado, mas também público, como médico, como cidadão, eu peço: cuide de si, cuide dos outros, não perca a coragem.

Publicado por Iso Sendacz

Engenheiro Mecânico pela EESC-USP, Especialista aposentado do Banco Central, diretor do Instituto Cultural Israelita Brasileiro, conselheiro da CNTU e Aguaviva, membro da direção estadual paulista do Partido Comunista do Brasil. Foi presidente regional e diretor nacional do Sinal. Nascido no Bom Retiro, São Paulo, mora em Santos.

Um comentário em “Vai passar, git Pessach, feliz Páscoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: