Guedes chantageia trabalhadores e empresários para manter programa de Emprego e Renda

Carlos Alberto Pereira, na Hora do Povo

Depois de postergar por quatro meses, em plena expansão catastrófica da pandemia, Guedes fez a chantagem de adiar de julho para janeiro de 2022 o início do pagamento do Abono Salarial – um salário mínimo que todo trabalhador que ganha até dois mínimos tem direito -, condicionando a renovação do Benefício Emergencial de Preservação de Emprego e Renda (BEm) ao adiamento daquele benefício.

O Programa de Benefício Emergencial garantiu, em 2020, contrapartida proporcional de até R$ 1.800,00 para a suspensão dos contratos e redução da jornada de trabalho. A medida permitiu a concretização de 20 milhões de acordos, tirando da guilhotina o emprego de 10 milhões de trabalhadores, livrando da falência um milhão e meio de micros, pequenas e médias empresas e garantindo a estabilidade por igual período depois do término do acordo. Custo R$ 32 bilhões. Os números foram apresentados pelo Ministério da Economia.

Na semana passada, as Centrais Sindicais assinaram nota no mesmo sentido: “Diante do agravamento da pandemia, se faz urgente recriar o benefício aos trabalhadores com objetivo de evitar uma nova onda de demissões”.

Segundo Adilson [Araújo, da CTB], “o Congresso norte-americano aprovou 1,9 trilhão de dólares em investimento público para infraestrutura, tecnologia e a metade para auxílio desemprego e auxílio emergencial para as famílias e no mesmo sentido, vimos o Reino Unido liberar 6,5 milhões de Libras”. E concluiu:

O Brasil deve seguir neste caminho. Precisam parar com essa sacanagem de a toda hora ficar metendo a mão no bolso do trabalhador.

(+391 palavras, Hora do Povo)

Publicado por Iso Sendacz

Engenheiro Mecânico pela EESC-USP, Especialista aposentado do Banco Central, diretor do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central e do Instituto Cultural Israelita Brasileiro, conselheiro da CNTU, membro da direção estadual paulista do Partido Comunista do Brasil. Nascido no Bom Retiro, São Paulo, mora em Santos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: