Marina Sendacz: duas histórias

Para crianças de 8 a 120 anos

Quando, nos anos 1980, a Editora Paulina trouxe de Marina Sendacz a História da Borboleta, duas outras foram contadas pelas tintas da artista plástica: Ploft, o pinguim de geladeira e O ponto amarelo.

As pranchas integram o novo livro, que aguarda a vacinação de todos para o lançamento ao público. Segundo a autora:

O Ploft e o Ponto Amarelo são contemporâneos; eu os concebi na década de 80. Ambos ficaram guardados numa pasta por todos esses anos. Até eu achar que eles estavam prontos para vir à luz. Considero-os muito atuais. Eles estão sendo publicados no mesmo volume porque são muito parecidos e muito diferentes ao mesmo tempo, se complementam. Representam a trajetória da descoberta do mundo e dos acréscimos de suas descobertas na vida deles.

Em breve…

Marina Sendacz é pedagoga, escritora, artista plástica e a primogênita de nós. Foi presidente do ICIB/Casa do Povo e curadora da Fundação Sidônio Muralha.

Dela também Enquanto isso…

Publicado por Iso Sendacz

Engenheiro Mecânico pela EESC-USP, Especialista aposentado do Banco Central, diretor do Instituto Cultural Israelita Brasileiro, conselheiro da CNTU, membro da direção estadual paulista do Partido Comunista do Brasil. Nascido no Bom Retiro, São Paulo, mora em Santos.

2 comentários em “Marina Sendacz: duas histórias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: