Terapia

Quando no último domingo rememoramos o notável discurso de Charles Chaplin em O Grande Ditador, para correlacionar com certas atitudes negacionistas do Presidente do Brasil, destacamos o desejo do cineasta inglês de a razão trazer felicidade ao mundo.

Um maestro amigo chamou-nos a atenção, pleno de razão, que a Humanidade não é feita só dela, mas também de emoção. Nosso lado engenheiro, racional, nos fez por muito tempo resistir à importância da terapia como ferramenta para equilibrar a racionalidade com os bons sentimentos.

Em reparação, fica a lista de vantagens coligida pelo psicólogo Bruno Farias, recebida nas redes sociais.

O que se pode aprender com a Terapia

  1. O universo te dá aquilo que você busca. Se você não sabe o que busca, ele te dará qualquer coisa. E há grandes chances de você não gostar delas.
  2. Suas questões internas não podem ser resolvidas com soluções externas. Você possui todas as respostas dentro de você – basta querer ouvi-las.
  3. Solidão é algo inevitável. Nascemos sozinhos e morreremos assim também. Se tivermos sorte, acharemos alguns acompanhantes para a viagem – mas eles serão livres pra trocar de rota quando quiserem.
  4. Pensar e mexer nas feridas é uma das coisas mais dolorosas da vida, por isso muitas pessoas fogem dessas tarefas. No entanto, só aqueles que enfrentam seus fantasmas conseguem se libertar deles.
  5. Se você só acredita no seu potencial quando ouve um elogio de alguém, então há algo errado na sua vida.
  6. Pessoas sempre te tentarão convencer de que relacionamentos felizes, sem briga, e com parceria são raridade. Não acredite nelas.
  7. O ego é o grande responsável por boa parte das nossas dores. Livre-se dele se puder.
  8. Oportunidades existem para todos. No entanto, somente aqueles que andam com a antena ligada conseguem captá-las.
  9. Enquanto você viver buscando a perfeição no outro, jamais será feliz pois é impossível encontrá-la.
  10. Esteja consciente de cada passo seu. Só quem anda com consciência consegue ver as coisas menos óbvias da vida.
  11. Quando você entende que o amor não é permanente, você passa a valorizar mais cada dia pois sabe que ele pode ser o último.
  12. Cada pessoa com a qual você cruza na rua tem uma história e seus fardos pessoais. Não as julgue.
  13. Só consegue viver uma existência leve, quem consegue praticar o perdão. Perdoar não quer dizer necessariamente dar outra chance, mas sim eliminar a mágoa do seu coração.
  14. A duração das coisas é irrelevante. A profundidade é tudo o que importa.
  15. Os problemas das nossas vidas são criados pela gente.
  16. Abandone a ideia de que tudo tem que se encaixar e que tudo vai ser sempre uma absoluta harmonia. Isso só existe em contos de fada.
  17. Ciúme não tem absolutamente nada a ver com amor. Se você não acredita nisso, então provavelmente nunca entendeu o que é amar de verdade.
  18. O amor é o grande alimento pra alma. Mas você não precisa necessariamente amar outras pessoas – qualquer forma de amor, direcionada a qualquer ser, é válida.
  19. O amor tem que te permitir ser livre. Nunca se contente com menos.

Publicado por Iso Sendacz

Engenheiro Mecânico pela EESC-USP, Especialista aposentado do Banco Central, diretor do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central e do Instituto Cultural Israelita Brasileiro, membro da direção estadual paulista do Partido Comunista do Brasil. Nascido no Bom Retiro, São Paulo, mora em Santos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: