Noite dos Cristais

Francisco Silva Sousa tem trazido histórias no Te Contei pouco afáveis aos olhos das pessoas de bem, ocorridos sob o fascismo na primeira metade do século passado.
A noite dos cristais, da mesma forma que a noite dos longos punhais, foi prenúncio do terror que tomaria conta do Estado alemão e levou o mundo a uma conflagração não vista até então, recheada de genocídios tão inumanos como o assassinato em massa nas câmaras de gás.
Neste século cenas parecidas têm sido vistas. Na Ucrânia de 2014, civis inocentes foram queimados vivos em incêndio provocado pelos neonazistas de lá em 2 de Maio.
No Brasil, por ora as reproduções dos atos nazistas são apenas cenográficas, embora por vezes protagonizadas pelo próprio presidente da República. E as milícias estão se armando a ritmo 6 vezes superior ao de há alguns poucos anos.
Lembrar e não esquecer, para que não se repita.

Te Contei

Noite dos Cristais do Reich, foi um progoncontra os judeuspela Alemanha Nazina noite de 9–10 de novembro de 1938, levada a cabo pelas forças paramilitares das SAe por civis alemães. As autoridades alemãs olharam para o acontecimento sem, no entanto, intervir.O nomeKristallnachtdeve-se aos milhões de pedaços de vidro partidos que encheram as ruas depois das janelas das lojas, edifícios e sinagogas judaicas terem sido partidas.

As estimativas sobre o número de vítimas causadas pela violência variam. Os primeiros relatos indicavam que 36 judeus tinham sido mortos durante os ataques.Mais recentemente, as análises aoprogromefetuadas a documentos acadêmicos feitas por historiadores como Richard J. Evans, refere um valor mais elevado, cerca de 91 mortos. Quando se inclui as mortes posteriores, devido a maus-tratos dos judeus detidos, e suicídios, o número de mortos sobe a centenas. Além dos mortos, cerca de 30000 judeus foram detidos e enviados para…

Ver o post original 1.931 mais palavras

Publicado por Iso Sendacz

Engenheiro Mecânico pela EESC-USP, Especialista aposentado do Banco Central, conselheiro da Casa do Povo, EngD, CNTU e Aguaviva, membro da direção estadual paulista do Partido Comunista do Brasil. Foi presidente regional e diretor nacional do Sinal. Nascido no Bom Retiro, São Paulo, mora em Santos.

2 comentários em “Noite dos Cristais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: