Aldo Rebelo e o quinto movimento

Mais importante do que nomes, para superar as mazelas que afligem o Brasil faz-se necessário um projeto de Nação. Ou uma agenda, para emprestar a expressão de Aldo Rebelo na entrevista que concedeu ao Canal Livre da Band. Na ocasião, o prato principal da conversa foi O quinto movimento – propostas para uma construção inacabada.

Aldo presidiu a UNE e a Câmara dos Deputados e foi ministro nas pastas da Coordenação Política e Relações Institucionais; Defesa; Ciência, Tecnologia e Inovação; e Esportes. Conhecedor da história e da realidade brasileiras, condensou em livro suas ideias, tendo a democracia como eixo, para o combate às desigualdades e a retomada do desenvolvimento nacional.

Partindo da premissa de o mercado não poder resolver todos os problemas do Brasil, tendo papel complementar ao estatal, Rebelo entende que não se pode avançar o país com base nas agendas econômica da Faria Lima, social do Banco Mundial e ambiental da embaixada da Noruega.

Tomando a China como exemplo de país que mais reduziu as desigualdades e caminha para ser a maior economia do mundo, ao Estado nacional cabe o investimento em pesquisa e tecnologia, infraestrutura e exploração dos imensos potenciais minerais do Brasil. Aldo também lembrou a expectativa internacional que o país responda por 40% da alimentação global.

Com a legislação ambiental mais rigorosa do planeta, o ex-presidente referiu-se em quatro pontos à Amazônia: direito ao desenvolvimento, proteção aos indígenas, preservação do bioma e soberania.

Na entrevista, Aldo Rebelo tratou também do papel da mulher na construção do Brasil e temas atuais, como o fundo eleitoral e a CPI da pandemia.

Publicado por Iso Sendacz

Engenheiro Mecânico pela EESC-USP, Especialista aposentado do Banco Central, diretor do Instituto Cultural Israelita Brasileiro, conselheiro da CNTU e Aguaviva, membro da direção estadual paulista do Partido Comunista do Brasil. Foi presidente regional e diretor nacional do Sinal. Nascido no Bom Retiro, São Paulo, mora em Santos.

Um comentário em “Aldo Rebelo e o quinto movimento

  1. O Br hj se encontra na situação da pessoa que vai à garagem de sua casa, entra no carro e não consegue se lembrar de onde queria ir. Mas o escopo do Projeto
    Nação tem que ser em busca de Justiça Social (ou, do Resgate da Dívida Social)

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: