12.2.1984: o Dia do Sim

Faz 37 anos que os salões da Casa do Povo ouviram um mútuo SIM. Um longo caminho percorrido juntos, muito mais na alegria que na tristeza, muito mais na saúde que na doença, um tempo bem vivido. Em São Carlos, Piracicaba, Curitiba, Botucatu, São Paulo e Santos, no Brasil e no mundo, nosso esforço por um bom lar só fez avançar, e parte em busca do Carvalho e além.

Muitos fatores aportaram para este duradouro carnaval: a confiança mútua, os valores comuns da solidariedade e da justiça, a chegada do José Vitor em 1997, que agora nos fez avós, a família e os amigos, uma lista sem fim de gratidão. Certamente teve muito destaque a contínua disposição ao bom combate por um mundo melhor, legar às novas gerações condições melhores que as que recebemos para construir um futuro de paz e progresso.

Nossos votos são de que a vacina permita, já daqui a 365 dias, comemorar em aglomeração. E, desde já, fica o convite para as Bodas de Abeto.

Publicado por Iso Sendacz

Engenheiro Mecânico pela EESC-USP, Especialista aposentado do Banco Central, diretor do Instituto Cultural Israelita Brasileiro, conselheiro da CNTU, membro da direção estadual paulista do Partido Comunista do Brasil. Nascido no Bom Retiro, São Paulo, mora em Santos.

Um comentário em “12.2.1984: o Dia do Sim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: