PEC 32 é um retrocesso, afirma economista

Pior do que querer fazer prevalecer o interesse financeiro sobre o público e o nacional, é fazer isso em tempos que um banqueiro ocupa proeminente posto na economia do governo de plantão. Mais ou menos como colocar os granjeiros a serviço da raposa, de direito, pois de fato já estamos.

Assiste também razão a Oreiro quando explica os riscos de retorno do Estado patrimonialista, que vêm embutidos na proposta legislativa do governo.

Publicado originalmente no portal do PCdoB e na Hora do Povo.

José Luis Oreiro

Para o economista e professor José Luis Oreiro, do Departamento de Economia da Universidade de Brasília (UnB), a proposta de reforma administrativa – PEC 32/2020, que tramita no Congresso Nacional por iniciativa do governo Bolsonaro, é um “retrocesso”.

“A PEC 32 ao fragilizar a estabilidade dos servidores públicos pode transformar os servidores em funcionários do governo de plantão, ao invés de funcionários do Estado Brasileiro, constituindo-se assim num retrocesso em direção ao velho Estado Patrimonialista”, afirma o economista, em artigo publicado pela Revista Política Democrática.

“A realização de uma reforma administrativa com o objetivo de preservar o teto de gastos parece-me ideia desprovida do mínimo senso de realidade. No debate econômico brasileiro atual é crescente o consenso de que não é possível manter o Teto de Gastos (EC 95), que estabelece o congelamento dos gastos primários da União em termos reais até 2036, devido ao crescimento dos gastos com previdência…

Ver o post original 460 mais palavras

Publicado por Iso Sendacz

Engenheiro Mecânico pela EESC-USP, Especialista aposentado do Banco Central, diretor do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central e do Instituto Cultural Israelita Brasileiro, membro da direção estadual paulista do Partido Comunista do Brasil. Nascido no Bom Retiro, São Paulo, mora em Santos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: