Presidente do Sinal avalia que PEC 32/2020 aponta na direção do “caos social”

“Se a gente considera o Estado como o conjunto de instituições públicas que representam e atendem os interesses da população, podemos considerar que a reforma é o esboço de um país quase sem Estado”, avaliou o presidente do Sinal, Paulo Lino, durante o webinar “Reforma Administrativa: o fim do serviço público?”, realizado na última quarta-feira, 30 de setembro.

Ao prever o aprofundamento do “caos social”, haja vista a deterioração dos serviços públicos, o presidente do Sindicato destacou os riscos decorrentes da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32/2020. Na oportunidade, Lino apontou também que as sucessivas medidas de iniciativa do Executivo demonstram a ausência de um projeto de crescimento nacional. “Antes desta reforma, e mesmo da reforma previdenciária, o governo deveria ter vindo a público e tornar claro qual é o projeto de desenvolvimento que ele deseja para o país”, afirmou.

Ainda de acordo com ele, o enfraquecimento dos vínculos de trabalho no setor, o aviltamento salarial e a flexibilização da estabilidade, entre outros pontos, apontam apenas para a fragilização e a precarização do Estado.

Assista aqui a íntegra do evento.

Com informações do Apito Brasil.

#diganãoàreformaadministrativa

Publicado por Iso Sendacz

Engenheiro Mecânico pela EESC-USP, Especialista aposentado do Banco Central, diretor do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central e do Instituto Cultural Israelita Brasileiro, membro da direção estadual paulista do Partido Comunista do Brasil. Nascido no Bom Retiro, São Paulo, mora em Santos.

Um comentário em “Presidente do Sinal avalia que PEC 32/2020 aponta na direção do “caos social”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: