Duas típicas operações bancárias

Um dos conhecimentos que procuro adquirir nestes tempos de isolamento social refere-se a técnicas de comunicação remota. Uma adaptação aos novos tempos. A prática com programas de animação, usando alguns dos recursos oferecidos gratuitamente, levaram-me a produzir dois vídeos sobre operações bancárias (clique nas imagens para assistir).

De uma forma bastante simplificada, procuro no primeiro deles ilustrar o que seja a intermediação financeira entre duas pessoas que não se conhecem, mas cujos interesses complementam-se e permitem ao banco, autorizado em lei para tal, absorver uma parte dos recursos de cada um, lastreado principalmente na confiança que inspira em ambos.

Operação bancária de intermediação financeira

A segunda animação mostra uma operação bancária sem clientes, baseada no oportunismo operacional, é claro, mas também em autorização pública para operar em câmbio. É a arbitragem de moedas, cujo ganho é meramente financeiro e baseado em falhas do mercado em escala internacional.

Operação bancária de arbitragem de moedas

Sim, sobre os ganhos incidem tributos, mas nem um grama de mercadorias é acrescentado ao mundo no cassino dos derivativos. Alguns dirão que os serviços e negócios especulativos bancários envolvem custos operacionais, mormente de pessoal e processamento de dados, mas é simples verificar que eles são, no Brasil, plenamente cobertos pelas tarifas.

Claro, a Autoridade monetária, além da autorização, exige um capital mínimo para uma firma se estabelecer no ramo financeiro, bem como limita a alavancagem sobre ele.

Porém hoje, além de dar os primeiros passos na arte da animação, procuramos apenas ilustrar o básico de duas das operações que os bancos fazem com reduzido risco e ganho fácil.

Contamos à CTB um pouco da função do dinheiro na nossa vida, assista também o vídeo se quiser saber um pouco mais.

Publicado por Iso Sendacz

Engenheiro Mecânico pela EESC-USP, Especialista aposentado do Banco Central, diretor do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central e do Instituto Cultural Israelita Brasileiro, membro da direção estadual paulista do Partido Comunista do Brasil. Nascido no Bom Retiro, São Paulo, mora em Santos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: