Mais imposto para o Brasil

Em sua propaganda pela reforma do Estado, o governo federal apresenta um projeto de reforma tributária “mais simples e mais transparente”. À primeira impressão, parece que contadores, advogados e escriturários vão ter menos trabalho no futuro.

Só que vai ficar mais caro que hoje. E ainda mais regressivo. Quem ganha menos vai saber em detalhe que paga mais imposto sobre a sua renda do que quem ganha mais! Quem explica são o ex-banqueiro Eduardo Moreira e o auditor fiscal Charles Alcântara.

Funcionaria assim: cada empresa ou empreendedor vai recolher 12% sobre o que agregar de valor ao produto. Assim, uma concessionária de veículos vai recolher essa taxa sobre a mão de obra preparatória da entrega do carro ao cliente, ante os 5% de ISS máximo de hoje!

Todo mundo vai pagar o novo imposto? Não. só o consumidor, os intermediários vão recolher o que os compradores lhes repassarem. E os bancos? Bem, estes vão pagar meia alíquota, segundo o projeto governamental…

Enquanto os super-ricos dos EUA clamam por mais tributos sobre a sua fortuna, Guedes vende carteira do nosso banco para aquele por ele fundado por 10% do valor de face. Favorecer o Brasil parece que ele não quer. Só arrecadar mais para favorecer a renda fácil dos juros públicos.

Saiba sobre a contraproposta da OAB ao projeto oficial.

*ilustrações da apresentação do governo federal, com notas do autor

Publicado por Iso Sendacz

Engenheiro Mecânico pela EESC-USP, Especialista aposentado do Banco Central, diretor do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central e do Instituto Cultural Israelita Brasileiro, membro da direção estadual paulista do Partido Comunista do Brasil. Nascido no Bom Retiro, São Paulo, mora em Santos.

2 comentários em “Mais imposto para o Brasil

  1. Que o nosso sistema tributário é uma tragédia … não resta dúvidas para ninguém ! Temos uma questão dual … a carga é elevada e o sistema de apuração complexo e irracional ! Se perguntarmos para qualquer cidadão sobre a sua carga tributária … ele não saberá dizer? Não! Pois os impostos são totalmente omitidos e escondidos do consumidor. Parece-nos extremamente correto que tenhamos um sistema mais límpido e simples com a grande coragem de apresentar as taxas reais destes novos impostos consolidados. Com isso, nossa esperança é que o povo mais simples comece a sentir o quanto paga e passe a questionar fortemente este ESTADO perdulário e improdutivo !!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: