A Lista de Schindler

O multivencedor do Oscar A Lista de Schindler, conhecido filme de Spielberg, tornou muito conhecida uma das facetas das tenebrosas relações de produção na Alemanha nazista: o trabalho escravo nos campos da Polônia – “os salários são pagos à SS” – e a liquidação da vida dos “inservíveis”, em meio à forte corrupção envolvendo contratos públicos.
Poldek Pferfferberg, um dos mais de mil “judeus de Schindler”, consagrou sua vida para perenizar a trajetória de Oskar Schindler e mostrar como ele adquiriu consciência da essência do regime nazifascista e o esforço que fez, ao lado de sua esposa Emilie, para salvar vidas – “quem salva uma vida, salva a humanidade”. Francisco Silva Sousa, do Te Contei, traz muitos detalhes não só sobre a obra cinematográfica em si, mas também sobre o que significou a obra do cidadão alemão que hoje jaz em Jerusalém.
Diante da desenvoltura com que agia o “Batalhão Azov” na fronteira russa da Ucrânia, rever a história bem nos diz “já vi esse filme”.

Te Contei

A Lista de Schindleré um filme de drama histórico norte-americanode 1993 dirigido e produzido por Stiven Spielberge escrito por Steven Zaillian. É baseado no romance de 1982,Schindle’s Ark, do romancista australiano Thomas Keneally.

O filme segue Oskar Schindler, um empresário alemão, junto com sua esposa Emilie Schindler, salvou mais de mil refugiados judeus holandeses do Holocausto, principalmente poloneses, empregando-os em suas fábricas durante a Segunda Guerra Mundial.

É estrelado por Liam Neesoncomo Schindler, Bem Kingsleycomo o contador judeu de Schindler Itzhak Sterne Ralph Fiennescomo o oficial da SS Amon Goth.

As ideias para um filme sobre osSchindlerjuden(judeus Schindler) foram propostas desde 1963. Poldek Pfefferberg, um dosSchindlerjuden, fez da sua vida a missão de contar a história de Schindler. Spielberg ficou interessado quando o executivo Sidney Sheinberg enviou a ele uma resenha sobre aSchindler’s Ark.

A Universal Picturescomprou os direitos do romance…

Ver o post original 3.468 mais palavras

Publicado por Iso Sendacz

Engenheiro Mecânico pela EESC-USP, Especialista aposentado do Banco Central, diretor do Instituto Cultural Israelita Brasileiro, conselheiro da CNTU e Aguaviva, membro da direção estadual paulista do Partido Comunista do Brasil. Foi presidente regional e diretor nacional do Sinal. Nascido no Bom Retiro, São Paulo, mora em Santos.

Um comentário em “A Lista de Schindler

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: